top of page
  • CBN Ponta Grossa

Arapoti se torna referência em saúde e prevê até R$ 100 milhões em recursos

Prefeito Irani Barros fala sobre a recuperação do Hospital 18 de Dezembro e destaca novos projetos estruturais para o município visando o ano de 2024

Foto: Divulgação

A recuperação dos serviços prestados no Hospital 18 de Dezembro transformou a cidade de Arapoti, que faz parte da Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG), em referência regional dentro da área de saúde. O prefeito Irani Barros lembra que o novo modelo de gestão, consolidado em janeiro deste ano, viabilizou a reabertura da maternidade e a implementação de um Centro Cirúrgico, que atualmente recebe pacientes de cerca de 40 cidades do Paraná. O chefe do Executivo também falou sobre o andamento de projetos futuros ligados ao setor de infraestrutura, que devem sair do papel em 2024.


Barros cita que a retomada dos serviços no hospital era uma prioridade da administração. “A realidade da nossa saúde mudou bastante com esse projeto que implantamos no Hospital 18 de Dezembro. Ele foi interditado por uma questão de vigilância sanitária, permanecendo fechado por mais de uma década, e funcionando apenas como um Pronto Socorro. Desde que assumimos a prefeitura, trabalhamos pela liberação do espaço e pela elaboração de um método de trabalho”, disse.


O modelo de concessão adotado pelo município garantiu a manutenção, via Sistema Único de Saúde (SUS), de serviços gratuitos para a população. “Sabíamos que manter um hospital para a população da nossa cidade somente com recursos da prefeitura seria inviável. Então, optamos por esse modelo de concessão do prédio para uma empresa, de forma que o município adquira os serviços prestados por ela. Hoje, Arapoti possui maternidade, Pronto Socorro 24h e a oferta de cirurgias eletivas, recebendo pacientes da nossa cidade e outros 40 municípios da região. Só no mês passado realizamos mais de 600 cirurgias de baixo risco no último mês”, exaltou.



Expansão de serviços


Barros também falou sobre a expectativa em ampliar os serviços no Hospital 18 de Dezembro até o fim deste ano. “Já estamos finalizando a ampliação do Centro Cirúrgico. Em dezembro devemos inaugurar mais duas unidades, fechando um total de quatro. Também vamos entregar mais leitos até o fim do ano, resultando em aproximadamente 60. Além disso, construímos também uma capela dentro do hospital. Ficamos extremamente felizes em poder proporcionar todas essas melhorias”, mencionou.



Infraestrutura


Para 2024, Arapoti espera contar um investimento de até R$ 100 milhões para a execução de dois novos projetos. “O primeiro deles engloba a construção do novo Contorno Sul, que será fruto de uma parceria entre Klabin e Governo do Estado. Somente nesta iniciativa, a expectativa é de um aporte de R$ 54 milhões. Hoje, o projeto está em fase de elaboração e liberação de licenças. Em um segundo momento, teremos mais de R$ 40 milhões para a construção de novas casas populares junto ao programa Casa Fácil, do Governo do Paraná, e também de uma parceria com o Governo Federal. Ao todo serão 301 residências”, citou.

 


Quem somos


A Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) é um órgão de representação municipal e microrregional, sendo constituída sob a forma de sociedade civil, sem fins lucrativos. É composta por 19 municípios da Região dos Campos Gerais, sendo: Arapoti, Carambeí, Castro, Curiúva, Imbaú, Ipiranga, Ivaí, Jaguariaíva, Ortigueira, Palmeira, Piraí do Sul, Porto Amazonas, Ponta Grossa, Reserva, São João do Triunfo, Sengés, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania.


A AMCG tem como principal objetivo a integração regional, econômica e administrativa, buscando o fortalecimento dos municípios, defendendo os seus interesses, visando o desenvolvimento econômico e social.


Das Assessorias

bottom of page