• Redação

Audiências públicas para discussão dos pedágios no PR começam em fevereiro

As novas concessões no Paraná são discutidas porque os atuais contratos do Anel de Integração devem terminar em novembro, após 25 anos de duração.

As audiências públicas que vão discutir o novo modelo de concessão dos pedágios no Paraná devem começar a partir do dia 02 de fevereiro nas principais cidades do Estado.


O projeto para os novos contratos está em fase de estudo e uma proposta de edital foi apresentada aos deputados federais do Paraná na semana passada.


O documento, elaborado pelo Ministério da Infraestrutura (MInfra), terá modelo híbrido de concorrência na licitação.


De acordo com o governo federal, o objetivo é reduzir os custos tarifários, aumentar a concorrência e garantir que as obras previstas sejam executadas.


O edital em discussão está dividido em seis lotes e prevê o leilão de mais de 3 mil quilômetros de rodovias, com investimento de R$ 43,7 bilhões. Além disso, também há a previsão de mais 15 novas praças de pedágio, totalizando 42.


Uma frente parlamentar na Assembleia Legislativa acompanha as discussões sobre os pedágios e se manifestou contrária ao modelo proposto pelo governo federal. Conforme os deputados estaduais, o “modelo não é o melhor para o Estado”.


As novas concessões do Anel de Integração no Paraná são discutidas porque os atuais contratos devem terminar em novembro, após 25 anos de duração.


Ouça:


Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

- Ponta Grossa

- Paraná

- Brasil 

Ligue

Fone: (42) 3028-1300

Whats: (42) 99994-1011 

Email

jornalismo@cbnpg.com.br

Contato Comercial

opec@cbnpg.com.br