top of page
  • CBN Ponta Grossa

Suspeito de feminicídio na Avenida Visconde de Mauá é preso em Ponta Grossa

Atualizado: 29 de fev.

O suspeito alegou inicialmente que o sangue era de "um porco" que havia matado

Foto: Divulgação

A Polícia Civil de Ponta Grossa foi acionada, nesse domingo (25), por volta das 13h, para dar atendimento a uma ocorrência onde constatou-se que uma mulher, identificada como Maria Silmara Bonete, de 40 anos, que havia sido encontrada morta, na Av. Visconde de Mauá, no bairro Colônia Dona Luíza.


Na madrugada desse domingo (25), a vítima e o suspeito teriam se encontrado em uma boate, por volta das 02h, tendo decidido, instantes depois, ir para a residência do suspeito, onde teria passado a noite.


De acordo com o apurado, a vítima teria terminado um relacionamento amoroso com o suspeito há cerca de dois meses.


Nessa manhã de domingo (25), após uma discussão supostamente motivada por ciúmes entre o casal, o suspeito acabou assassinando a Maria Silmara, lhe dando inicialmente um “mata-leão” e, deixando-a inconsciente, e então desferiu dois golpes de faca em seu pescoço. Posteriormente, ele teria amarrado uma corda em seu pescoço passando a arrastá-la até o fundo da propriedade, onde desejava ocultar o corpo da vítima.


Como a Maria Silmara não entrou em contato com suas amigas, que estavam com a vítima na boate, estas foram até a residência do suspeito, que não soube explicar o paradeiro da vítima.


Imediatamente foi acionada a Polícia Militar, que ao chegar ao local questionou o suspeito da vítima e, diante das informações desencontradas e de marcas de sangue em seu corpo do suspeito, o suspeito alegou inicialmente que o sangue era de "um porco" que havia matado, mas teria confessando o crime após ser interrogado novamente.


Durante a busca na residência, foi encontrada ainda uma arma de fogo de calibre.38. O crime foi captado parcialmente pelas câmeras de segurança da propriedade, auxiliando nas investigações.


O suspeito acabou preso pela prática de feminicídio e posse irregular de arma de fogo, sendo encaminhado para a Cadeia Pública Hildebrando de Souza, onde permanecerá a disposição da justiça.

Com informações de Polícia Civil

Das Assessorias

コメント


bottom of page