• Redação

Candidatas em PG poderão gastar em torno de R$ 705 mil na campanha para o segundo turno

Segundo o balanço parcial do site divulgacand, os candidatos a prefeitura de Ponta Grossa, declararam juntos R$1.528.081,67

No segundo turno das eleições para prefeitura de Ponta Grossa, o teto de gastos para as candidatas será de R$705.567,03.


Na primeira fase do pleito o limite era de R$1.763.917,59. Até ontem (16), nenhum dos cincos nomes que concorreram haviam registrado valor próximo. Porém, os candidatos têm até 15 de dezembro para fazer novas atualizações no sistema.


Segundo o balanço parcial do site divulgacand, os candidatos a prefeitura de Ponta Grossa, declararam juntos R$1.528.081,67.


Marcio Pauliki, do Solidariedade, até a tarde de ontem, aparecia como o concorrente com mais gastos (R$914.336,56) e Professor Gadini, do PSOL, com menos.

As informações estão registradas no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e abertos à população.


divulgacandcontas.tse.jus.br


Definição

A prestação de contas é um dever de todos os candidatos, com seus vices e suplentes. Segundo a Lei das Eleições, o limite das campanhas deve equivaler ao máximo gasto para os cargos nas Eleições de 2016, atualizado pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).


Ouça o áudio da notícia: