top of page
  • CBN Ponta Grossa

Caritas define planos para 2024

Entre os focos, o atendimento e assessoramento a migrantes

A assistente de integração local, Gislaine da Rosa, explicando os projetos desenvolvidos

O Planejamento Ampliado da Caritas Diocesana de Ponta Grossa aconteceu no Centro Biblico Regnun Dei, no último sábado (03). Participaram 28 pessoas, entre diretoria, agentes liberados, voluntários e representantes das entidades membro. Esta foi a primeira vez que as entidades membro foram convidadas a participar. São paróquias, coordenações diocesanas de pastorais sociais (Criança, Idoso, Sobriedade, Aids, Carcerária, Saúde) e instituições filiadas e aprovadas através de assembleia.


Depois da oração, foi refletido o caráter pastoral do trabalho articulado com um modo de ser Igreja a serviço do Reino de Deus, onde a Caritas é desafiada a atuar de maneira ainda mais efetiva na conjuntura social e política. “O trabalho pastoral é a dinâmica de perguntar de novo e de novo pelos que ficaram para trás, aprendendo a ler a realidade, fazendo a crítica das relações de poder e se posicionando junto aos pobres, lugar de salvação. São lugares plurais de classe social, etnia, raça, gênero, geração, capacidade”, explica a assistente social Erica Pilarski Clarindo, citando que houve a apresentação da origem da Caritas, sua atuação em rede, sua visão, missão princípios, área de atuação e como ela se organiza. Também foi apresentado relatório das atividades executadas em 2023.

 

Ainda trazido à memória as áreas de atuação elencadas como prioridade de 2023 a 2025: Migração e Refúgio, Meio Ambiente, Gestão de Riscos e Emergências, Economia Popular e Solidária, Segurança Alimentar e Nutricional além da Sustentabilidade. Foram realizados trabalhos em grupos, de onde foram retiradas as propostas de ação para 2024. Entre elas, continuar com o atendimento e assessoramento aos migrantes, e com o Projeto Educação Ambiental em parceria com a Pastoral de Animação Bíblico-Catequética.


“Fica o desafio de articular junto às pastorais sociais e paróquias a área de Segurança Alimentar, além da necessidade de engajar a sustentabilidade financeira da Caritas. A diretoria e equipe irão verificar as estratégias para a execução das propostas apresentadas no planejamento 2024, que foi um momento rico de partilha, alegria e convivência. Uma bela experiência para divulgar, fortalecer e ampliar nossa atuação na Diocese”, avaliou a assistente social da Caritas Diocesana.


Das Assessorias

bottom of page