• Redação

Central telefônica da UEPG já realizou mais de 2.500 atendimentos

Serviço gratuito para moradores de Ponta Grossa e outras 12 cidades, tira dúvidas, orienta e faz uma espécie de triagem de quem tem os sintomas da Covid-19

Foto:Reprodução/UEPG

Em seis meses de atividade, a central telefônica da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) já realizou mais de 2.500 atendimentos. O serviço gratuito para moradores de Ponta Grossa e outras 12 cidades, tira dúvidas, orienta e faz uma espécie de triagem de quem tem os sintomas da Covid-19.


A Coordenadora do Programa de Extensão, professora Pollyana Cassia Borges descreve o perfil das pessoas que ligam na ouvidoria.


Ouça abaixo


Os atendentes são 15 estudantes bolsistas dos cursos de Farmácia, Medicina, Odontologia e Enfermagem da universidade e que receberam treinamento. A professora esclarece como a central atua.


Ouça abaixo


O projeto de extensão para o enfrentamento da Covid-19 é uma iniciativa do Governo do Estado e conta com a parceria da Fundação Municipal de Saúde (FMS) que realiza as consultas médicas encaminhadas pela central. De abril a setembro, 702 teleconsultas foram agendadas a partir da ouvidoria.


De acordo com Pollyana Borges, nesse período 90% das consultas foram de novos paciente com sintomas do novo coronavírus.


A central ainda faz acolhimento psicológico por telefone em conjunto com o Programa UEPG Abraça.


Quem mora em Ponta Grossa ou na região dos Campos Gerais e quer entrar em contato com o serviço telefônico é preciso ligar para o 0800 200 4300 ou 3223 1019 (vinculado a FMS). O número adquirido pela instituição possui capacidade para 250 ligações simultâneas.


Ouça o áudio completo da entrevista:


Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

- Ponta Grossa

- Paraná

- Brasil 

Ligue

Fone: (42) 3028-1300

Whats: (42) 99994-1011 

Email

jornalismo@cbnpg.com.br

Contato Comercial

opec@cbnpg.com.br