• Thailan Jaros

Com exceção de aulas práticas, UEPG decide adiar retorno presencial em um mês

Atualizado: 26 de jan.

As aulas presenciais estão suspensas desde o começo da pandemia do coronavírus, em março de 2020. As atividades são feitas de forma remota há um ano e meio.

Foto: UEPG

A Universidade Estadual de Ponta Grossa decidiu, nesta terça-feira, adiar em um mês o retorno das aulas presenciais da instituição. De acordo com a decisão da Comissão de Biossegurança, somente as atividades práticas e estágios devem seguir o calendário presencial a partir do dia 07 de fevereiro.


A medida foi anunciada após uma reunião que durou cerca de sete horas. A Universidade ressalta que a ação foi necessária devido ao aumento expressivo do número de contaminações da Covid-19, em Ponta Grossa.


As aulas presenciais estão suspensas desde o começo da pandemia do coronavírus, em março de 2020. As atividades são feitas de forma remota há um ano e meio.


A retomada presencial do calendário acadêmico de 2022 foi aprovada pelo Conselho Universitário no ano passado e estava prevista para o dia 07 de fevereiro. De acordo com a decisão da UEPG, agora as aulas teóricas vão começar no dia 2 de fevereiro, no formato on-line.


O calendário totalmente presencial só será retomado no dia 07 de março. Segundo a instituição, as atividades dos cursos de pós-graduação e de extensão e cultura poderão ser realizadas presencialmente a partir do dia 07 de fevereiro.


Além disso, as estruturas administrativas, restaurantes universitários e bibliotecas estarão abertos para atendimento da comunidade universitária, mesmo sem o retorno presencial completo.


Ouça: