top of page
  • CBN Ponta Grossa

Começam audiências de sete acusados pela tentativa de assalto a empresa de valores em Guarapuava

Ao todo, quase 60 pessoas devem ser ouvidas até sexta-feira (3), entre testemunhas de acusação e defesa.

Foto: Polícia Militar

Começam nesta segunda-feira (27) as audiências de sete acusados pela tentativa de assalto a uma empresa de valores em Guarapuava, na região central do Paraná. Ao todo, quase 60 pessoas devem ser ouvidas até sexta-feira (3), entre testemunhas de acusação e defesa.


O crime aconteceu no dia 17 de abril do ano passado e repercutiu em todo o Brasil. Os criminosos atacaram o Batalhão de Polícia Militar do município, atearam fogo em veículos e tentaram assaltar uma empresa de transporte de valores.


O crime é conhecido como novo cangaço, quando os bandidos invadem uma cidade de forma violenta. Um policial militar foi morto no ataque. No fim do ano passado, o Ministério Público denunciou 22 pessoas em três processos sobre o crime.


A partir desta segunda-feira, cinco réus vão responder pelos crimes como latrocínio, incêndio, sequestro, dano ao patrimônio público, porte de arma de uso restrito e receptação. Os outros dois respondem por associação criminosa.


As audiências devem começar às 13h. Nesta segunda-feira serão ouvidas 20 testemunhas de acusação, entre Policiais Militares e o delegado responsável pelo inquérito. Na terça-feira (28), a Justiça vai ouvir 12 testemunhas e na quarta-feira (1º) 10.


Na quinta-feira (2) serão ouvidas 15 testemunhas de acusação e defesa e na sexta-feira (3) está previsto o interrogatório de seis réus. Conforme as investigações, os acusados fazem parte de uma organização que atua principalmente em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

bottom of page