• Thailan Jaros

Comitê Interinstitucional de transparência é criado em Ponta Grossa

O Comitê tem o objetivo de estabelecer padrões e passos para amplificar o processo de agilização das informações da gestão para acompanhamento e controle público.

Um Comitê Interinstitucional de transparência foi criado ontem em Ponta Grossa. O grupo é composto por representantes da prefeitura e do Observatório Social do município.


O Comitê tem o objetivo de estabelecer padrões e passos para amplificar o processo de agilização das informações da gestão para acompanhamento e controle público.


O grupo foi criado em uma reunião da administração municipal e do Observatório Social na manhã dessa quarta-feira (23).


O Observatório é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, que acompanha as gestões públicas e fiscaliza a transparência e a qualidade na aplicação dos recursos públicos das cidades.


Segundo o Observatório, a instituição pode ajudar com a experiência que teve em outros municípios e pode contribuir com a gestão e a com transparência pública de Ponta Grossa.


Conforme a procuradoria-geral do município, a implantação de melhorias na transparência da gestão pública de Ponta Grossa fomenta a manutenção da confiança das partes interessadas, mas também possibilita o acompanhamento e a avaliação das atividades desenvolvidas pelos órgãos e entidades da administração municipal.


A transparência também proporciona um ambiente de legalidade, ética, moralidade, confiança mútua, probidade, eficiência, transparência e sujeição ao interesse público, que pode contribuir para a melhoria contínua do bem-estar ético-sustentável e da efetividade da prestação dos serviços públicos municipal.


De acordo com a Agência de Inovação e Desenvolvimento, a transparência é pauta relevante para a construção de uma cidade inteligente, já que fomenta a participação da sociedade no planejamento das políticas públicas, na prestação dos serviços públicos, na fiscalização do governo e na simplificação das interações com órgãos e entidades públicas.


O comitê também deve destacar o uso de tecnologias e ferramentas para melhorar a transparência.


Participaram da reunião a Prefeita Elizabeth Schmidt, o Controlador-Geral do Município, Juliano Jaronski; a secretária de Administração e Recursos Humanos, Cliciane Garczareck; o secretário de Fazenda, Cláudio Grokoviski; a presidente da Agência de Inovação e Desenvolvimento, Tonia Mansani; o procurador-geral do Município, Gustavo Schemim da Matta e o chefe de Gabinete, Edgar Hampf. Além do presidente do Observatório, Henrique Henneberg, e a diretoria da instituição.