• Redação

Covid-19: Festa de Sant'Ana é readaptada em Ponta Grossa e Castro

As tradicionais procissões foram substituídas pela bênção com a imagem da santa a diversos pontos das cidades, por meio de carreata e peregrinação.

Os festejos de Sant’Ana, padroeira de Ponta Grossa e de Castro, foram adaptados este ano. As tradicionais procissões, que em Castro desce pelo Rio Iapó e, em Ponta Grossa, percorre as ruas do centrais, foram substituídas pela bênção com a imagem da santa a diversos pontos das cidades, por meio de carreata e peregrinação.


Em Ponta Grossa, a festa da padroeira da Paróquia Sant’Ana e da catedral começou na quinta-feira (23), com o início do tríduo em honra a avó de Jesus, celebrado pelo bispo dom Sergio Arthur Braschi.


Na sexta-feira (24), a noite foi de homenagem a Senhora Sant’Ana e aos avós. Catequistas e coordenadores de Catequese das 23 paróquias da cidade organizaram cartazes e desenhos dos catequizandos para enfeitar a Catedral Sant’Ana. Muitos desenhos mostravam as crianças com seus avós.


O tríduo terminou na noite de sábado. No domingo, o dia da padroeira foi festejado com um mimo a mais aos devotos de Sant'Ana. Uma peregrinação surpresa percorreu alguns pontos da cidade. A imagem da avó de Jesus derramou sua benção por toda a cidade, neste momento difícil que seus moradores atravessam, em uma demonstração de esperança e fé em dias melhores.


Na chegada a catedral, houve queima de fogos e missa solene. Após a celebração, em substituição ao tradicional almoço, este ano foi servida uma feijoada, no sistema drive thru.


Castro

A imagem de Sant’Ana, padroeira da cidade, desce de barco pelo rio Iapó e percorre as ruas do centro em direção à matriz. Este ano, no domingo (26) terminada a missa solene, sob aplausos e o badalar de sinos, a imagem de Sant`Ana foi conduzida até um carro-andor, onde seguiu em carreata pela área central da cidade, encerrando os festejos da padroeira. A igreja matriz abriu suas portas para missa presencial, depois de 130 dias sem a presença física dos fiéis. Equipe da Vigilância Sanitária acompanhou a celebração para verificar o cumprimento das normas de saúde pública.


A missa solene teve a participação de padres das paróquias São Judas Tadeu, Perpétuo Socorro e ainda com o diácono Vitor Witsmiszyn , representando a comunidade de Nossa Senhora do Rosário.


Os festejos começaram já no dia 17, com novena em honra a Sant’Ana, encerrada, sábado (25), pelo bispo dom Sergio Arthur Braschi que celebrou ao lado dos sacerdotes e diáconos. Ainda sábado, houve bênção especial para lembrar o Dia de São Cristóvão, padroeiro dos motoristas.


Informações Assessoria de Imprensa

Imagem: Divulgação

Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

Ponta Grossa - PR

Ligue

Fone: 42 - 3028 1300

Whats: 42 9 9994 1011