• Thailan Jaros

Covid-19: Há um ano Ponta Grossa registrava recorde de mortes em um dia

No dia 22 de março de 2021, a Fundação Municipal de Saúde divulgou 19 mortes em decorrência da doença.

Foto: Agência Brasil

O dia 21 de março de 2020 marcou a história de Ponta Grossa. Ontem fez dois anos da confirmação do primeiro caso da Covid-19 no município. O paciente foi um homem que tinha viajado para o exterior.


Na época, o Paraná tinha 43 casos confirmados. Era o início da pandemia do coronavírus. O centésimo caso só foi confirmado em junho daquele ano em Ponta Grossa, mas no mesmo mês o município já tinha passado de 500 confirmações.


Em julho de 2020, a cidade já registrava mil casos e desde então o número não parou de crescer. De março de 2020 a março de 2021, 27.031 pessoas foram diagnosticadas com a doença em Ponta Grossa e 546 morreram.


No ano passado, o município vivia o pior momento da pandemia, com aumento de casos e mortes e o iminente colapso do sistema de saúde. Nesses dois anos, decretos restritivos foram publicados, com toque de recolher, comércio abrindo de forma escalonada e até o lockdown.


De acordo com a prefeitura, o dia com o maior número de mortes confirmadas 22 de março de 2021, com a divulgação de 19 mortes.


Desde a confirmação do primeiro caso da Covid-19, 79.349 pessoas já testaram positivo para a doença. Desse total, 67.621 se recuperaram e 1.521 não resistiram às complicações.


Atualmente, 10.188 pessoas que testaram positivo estão em isolamento domiciliar em Ponta Grossa.


O bairro com o maior número de casos é Uvaranas, seguido do Contorno, Centro, Cará-Cará, Boa Vista e Jardim Carvalho. A maioria das pessoas que testaram positivo foram mulheres.


Nos dois primeiros meses do ano passado, Ponta Grossa confirmou 10.703 casos. Nos dois primeiros meses deste ano, já com a variante ômicron, foram 23.303 confirmações.


No entanto, com o avanço da vacinação, o número de mortes é menor neste ano em comparação com o ano passado. Nos dois primeiros meses de 2021, foram confirmadas 222 mortes causadas pela doença. No mesmo período deste ano foram 48.


Em março do ano passado, o município contabilizou 321 mortes. Neste ano, até agora foram 25.


Conforme o vacinômetro, 97,6% da população acima de cinco anos de idade já tomou a primeira dose. Essa população é estimada em 328.910 e até agora 321.151 receberam ao menos uma dose da vacina.


Segundo o vacinômetro, 288.977 pessoas já tomaram a segunda dose em Ponta Grossa, o que representa uma taxa de 87,9% de imunização. Da população adulta, 56,2% tomaram a dose de reforço no município.


Das crianças, um público de 37.013 pessoas, 73,1% tomou a primeira dose.