• Redação

Covid-19: Justiça garante atividades para adolescentes do Sistema Socioeducativo


As Unidades Socioeducativas do Paraná buscaram alternativas criativas para garantir que as atividades continuem sendo realizadas junto aos adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa durante o período de pandemia de Covid-19, readaptando as rotinas institucionais paralelamente à adoção de medidas de prevenção instituídas pelas organizações de saúde.


Além de orientações e informações em relação ao coronavírus, a adoção de ensino à distância e de encontros familiares via webconferência, foram intensificadas as atividades esportivas, jogos e atividades culturais.


Confira algumas medidas adotadas: EPIs - O uso de máscaras e demais equipamentos de proteção individual (EPI) pelos servidores e adolescentes foi sendo implantado de acordo com as determinações e orientações de saúde, com as respectivas atualizações que ocorreram durante o período. 

Orientações - Foram desenvolvidas atividades de conscientização sobre o período de pandemia junto aos adolescentes dos CENSEs. Os profissionais de saúde, agentes e técnicos dispuseram de informações acerca da doença, bem como as medidas que adolescentes e servidores devem adotar para prevenir a propagação do vírus dentro das unidades.

Esportes - as unidades socioeducativas têm realizado várias atividades nesse sentido, como futebol, vôlei, exercícios funcionais e musculação - sempre com acompanhamento dos profissionais e orientações sobre a prática correta. Para essas práticas esportivas são incluídos somente os adolescentes saudáveis e sob as orientações dos órgãos oficiais de saúde.

Jogos educativos e recreativos - Foram distribuídos vários games e equipamentos às Unidades Socioeducativas, como Playstation 4 e jogos pedagógicos. Com a utilização desses materiais, os profissionais das unidades podem para proporcionar aos adolescentes momentos de lazer e interação.

Desenho e pintura - Atividades que estimulam a concentração e a criatividade. São muito utilizadas nas Unidades Socioeducativas e têm grande adesão pelos os adolescentes que cumprem medida nos CENSEs. Filmes - A oferta de filmes serve para complementar o conteúdo ministrado em sala de aula, sensibilizar os adolescentes com temas importantes ou simplesmente como atividade livre de lazer. Nesse período de pandemia, esse recurso tem sido muito utilizado, possibilitando ainda a proposição de temas e histórias que incentivem os adolescentes a adquirirem novos conhecimentos.

Oficina de dança -  A prática da dança como terapia complementar é cada vez mais recomendada para promover qualidade de vida. A interação que a atividade promove pode trazer grandes benefícios aos adolescentes, contribuindo muito para a saúde mental, trabalhando corpo e mente.

Leitura - O incentivo à leitura está sendo especialmente estimulado durate a pandemia. As Unidades receberam livros e equipamentos nos últimos anos, possibilitando que a leitura seja uma atividade regular.

Oficina de pipa - resgatar uma atividade folclórica que faz parte da infância de muitos dos adolescentes revela a importância das atividades ao ar livre e denota objetivos ainda mais valorosos como socialização, trabalho em equipe, coordenação motora e conscientização sobre meio ambiente.

Contato via web - O período de pandemia fez com que as equipes se desdobrassem para diversificarem a oferta de atividades e a metodologia utilizada para disponibilizá-las. Recursos e conteúdos à distância têm sido muito aproveitados. As Unidades disponibilizaram aos adolescentes acesso à Internet, de maneira supervisionada, para que pudessem continuar mantendo contato com o mundo exterior. Entre as tecnologias utilizadas estão: chamadas por vídeo via WhasApp, Skype e Zoom.

Oficina de saúde, higiene e autocuidado - Foram redobradas as orientações sobre saúde, higiene e autocuidado nos CENSEs. As unidades socioeducativas têm buscado aumentar as ações no sentido de orientar e demonstrar a importância dos cuidados impostos para esse período, promovendo bem-estar e qualidade de vida. Vacinação contra a gripe -  A campanha contra a gripe foi iniciada nos CENSEs, em conjunto com a Secretaria de Saúde (Sesa), beneficiando os adolescentes custodiados e funcionários da Socioeducação.

Capacitação de servidores -  Os servidores dos CENSEs e Casas de Semiliberdade receberam capacitação via web, sobre procedimentos de prevenção e cuidados referentes à pandemia causada pela COVID-19, as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), as Notas Técnicas/Orientativas da SESA pertinentes à pandemia  e outros temas relacionados.


Informações Secretaria da Justiça, Família e Trabalho

Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

Ponta Grossa - PR

Ligue

Fone: 42 - 3028 1300

Whats: 42 9 9994 1011