• Thailan Jaros

Covid-19: Mais de 10 mil pessoas estão em isolamento domiciliar em Ponta Grossa

Só em janeiro, o aumento de casos ativos na cidade foi de mais de 1000%.

Mais de 10 mil pessoas estão em isolamento domiciliar com Covid-19 em Ponta Grossa. Os dados são do boletim publicado na última sexta-feira (04) pela Fundação Municipal de Saúde. Só em janeiro, o aumento de casos ativos na cidade foi de mais de 1000%.


Nas últimas duas semanas, a média móvel da Covid-19 teve um aumento de 52%. Para o Secretário Municipal de Saúde, Rodrigo Manjabosco, a transmissão do vírus é maior neste ano em comparação com o ano passado.


Em Ponta Grossa não há sinalização de novos decretos de restrição, como os de 2020 e do ano passado. Mas empresas e instituições adotaram ou ampliaram medidas para evitar a propagação do vírus.


Os lojistas do município alertam principalmente para o uso de máscaras nos estabelecimentos. A Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa ressaltou que a pandemia ainda não acabou e que o vírus continua no ar.


Com o aumento dos casos da Covid-19 na cidade, uma igreja decidiu suspender os cultos por pelo menos duas semanas.


O aumento da transmissão do coronavírus impactou os setores do turismo e da economia criativa de todo o Paraná. Esses dois segmentos chegaram a apresentar no início da pandemia queda de faturamento superior a 86%.


Conforme a Pesquisa de Impacto da Pandemia do Coronavírus nos Pequenos Negócios, realizada pelo Sebrae em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), em novembro do ano passado, 88% das empresas ligadas ao Turismo e 81% das ligadas à Economia Criativa estavam funcionando, mas ainda apresentavam queda de faturamento de -42% e -45%, as menores da série histórica.


No início deste ano, os setores precisaram adotar uma série de medidas para reduzir o risco de contaminação dos funcionários e conseguirem manter a operação. De acordo com o Sebrae, a variante ômicron pode interromper a linha de evolução ou até fazer com que ela retroceda.


Ouça a reportagem: