• Thailan Jaros

Covid-19: Ponta Grossa tem um caso suspeito da variante Ômicron

Conforme a prefeitura, o paciente está assintomático.

Foto: Agência Brasil

Ponta Grossa tem um caso suspeito da variante Ômicron da Covid-19, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde. A variante foi registrada pela primeira vez na África Austral e é classificada como preocupante pela Organização Mundial da Saúde.


De acordo com a OMS, até a última quarta-feira (22), a nova cepa tinha sido notificada em 110 países. A Ômicron possui um índice de transmissibilidade maior que as outras variantes, mas não há estudos comprovados sobre a sua severidade.


Além disso, o diagnóstico laboratorial da variante não foi comprometido. Isso significa dizer que as atuais tecnologias de testagem são suficientes para a sua detecção.


Segundo a prefeitura de Ponta Grossa, o caso suspeito no município é de um paciente que fez viagem internacional. Existe a suspeita da Ômicron, mas é necessário o sequenciamento genético de amostra para confirmar qual a variante.


Conforme a prefeitura, o paciente está assintomático e seu perfil não será divulgado neste momento.


O Paraná tem sete casos suspeitos da variante, dois em Curitiba, um em Ponta Grossa e dois em Arapongas. Além de um paciente de Criciúma, no estado de Santa Catarina, que fez o teste em Curitiba e um americano que passou pelo estado. A Secretaria Estadual de Saúde afirmou que não detalha casos suspeitos.