• Redação

Cultura seleciona trabalhos para exposição contra o racismo

Atualizado: Jun 25

Com o tema ‘Vidas Negras Importam’, trabalhos serão publicados em julho nas redes sociais


Artistas, ativistas, produtores e coletivos podem se inscrever no edital para a exposição virtual Vidas Negras Importam, aberto pela Fundação Municipal de Cultura em parceria com o Instituto Sorriso Negro dos Campos Gerais. As inscrições abrem nesta terça (23) e a exposição começa no dia 10 de julho.

O diretor do Departamento de Cultura da FMC, Eduardo Godoy, afirma que a ideia foi inspirada no movimento global Black Lives Matter (Vidas Negras Importam). “A arte e a cultura têm papel fundamental nessa mobilização, pois são também uma forma de resistência e de colocar essas questões no centro das discussões. Precisamos nos unir para dar um basta no racismo, na discriminação contra religiões de matrizes africanas, na violência contra negros e negras, nos discursos de ódio e na desinformação. Mas, para isso, precisamos antes de tudo ouvir", destaca. 

A exposição inclui obras de artes plásticas, charges, fotografia, vídeo, música, literatura, folclore, podcast, entre outras. Os trabalhos devem ter relação com o tema Vidas Negras Importam e não há limite de obras inscritas por cada interessado.

A seleção dos trabalhos será feita por integrantes do Instituto Sorriso Negro e servidores da Fundação Municipal de Cultura, de acordo com a inserção no tema, as reflexões levantadas e a execução. O resultado sai no dia 06 de julho e a exposição será publicada nas redes sociais da FMC dos dias 10 a 20 do mesmo mês. A abertura terá um mesa-redonda por vídeo-transmissão com membros do Instituto Sorriso Negro e convidados.

Importância da exposição

Carlos Alberto Rodrigues de Souza, presidente do Instituto Sorriso Negro dos Campos Gerais, chama atenção para a importância da iniciativa. “Acredito que no momento em que vivemos, todas as ações como essas são positivas para que possamos, por um lado, dar um basta e, por outro lado, um esclarecimento. Provocando um debate para que as pessoas tenham, na pior das hipóteses, empatia”, afirma o professor Carlão, como é conhecido.

Carlos também destaca a participação do poder público em uma ação com essa. “Essa iniciativa é de grande importância porque é a gestão pública trazendo à tona esse debate. Independente da posição que a gestão tem, ela tem que ouvir e possibilitar a todos os cidadãos se expressar e manifestar,” ressalta.   

Inscrições

O edital completo e as inscrições estão disponíveis até 30 de junho no site da Prefeitura de Ponta Grossa, na aba da Fundação Municipal de Cultura. Além de preencher o formulário e escrever um texto refletindo sobre a obra, o proponente deve anexar o trabalho artístico em pdf ou jpg em tamanho até 10MB ou link para acesso.


Informações Assessoria de Imprensa


Ouça a matéria:


Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

Ponta Grossa - PR

Ligue

Fone: 42 - 3028 1300

Whats: 42 9 9994 1011