• Redação

Decreto impede demissão dos 230 funcionários da VCG

Atualizado: Nov 19

Conforme o documento, publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (18), o desligamento em massa de empregados deverá ser comunicado com três meses de antecedência e justificado tecnicamente e juridicamente para ter eficácia

O prefeito Marcelo Rangel editou um decreto que impede a demissão dos 230 funcionários do transporte público anunciada nesta semana pela Viação Campos Gerais (VCG).


Conforme o documento, publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (18), o desligamento em massa de empregados deverá ser comunicado com três meses de antecedência e justificado tecnicamente e juridicamente para ter eficácia.


O texto permite a demissão por justa causa. Além disso, o decreto prevê que a concessionária informe os critérios técnicos, jurídicos e financeiros dos desligamentos para a Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT).


A medida foi tomada um dia depois de a VCG anunciar a possibilidade de demissão de funcionários. Segundo a concessionária, a ação é necessária por causa da queda no número de passageiros nos últimos oito meses.


A empresa afirmou que vai manter as discussões com o Ministério Público do Trabalho e demais entidades envolvidas, como a própria Prefeitura e o sindicato.


Uma audiência está prevista para esta quinta-feira (19).


Ouça a notícia:


Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

- Ponta Grossa

- Paraná

- Brasil 

Ligue

Fone: (42) 3028-1300

Whats: (42) 99994-1011 

Email

jornalismo@cbnpg.com.br

Contato Comercial

opec@cbnpg.com.br