• Ricardo Silveira

Eleição define reitoria da UEPG

Resultado será divulgado a partir das 22 horas desta quarta-feira, 13

(Foto: Assessoria).

A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) realiza, nesta quarta-feira (13), as eleições para a Reitoria (2022-2026) para alunos, professores e agentes universitários. A instituição espera 11.267 pessoas para votarem nos Campus Central, Uvaranas e Hospital Universitário.


No último sábado, 9, 1704 alunos da educação a distância e polo presencial de Telêmaco Borba estiveram aptos a votar.


O total de votos válidos e abstenções será conhecido na noite de amanhã, a partir das 22h, na apuração pública dos votos, que acontecerá no Ginásio de Esportes do Curso de Educação Física, em Uvaranas.


O resultado será transmitido ao vivo na página do Facebook da UEPG.


Nesta eleição, concorrem ao pleito a Chapa 1 – ‘UEPG – O importante é você’, com reitor Everson Augusto Krum e vice-reitor Vanderlei Schneider Lima; e Chapa 2 – ‘Sempre UEPG’, com reitor Miguel Sanches Neto e vice-reitor Ivo Mottin Demiate.


No Campus Uvaranas, estão aptos a votar 6448 pessoas – 621 docentes; 530 agentes universitários e 5297 acadêmicos.


No Campus Central, são aguardadas 4466 pessoas – 4011 acadêmicos; 138 agentes universitários e 317 docentes.


Também são esperados 353 servidores do Hospital Universitário da UEPG.


O voto é facultativo para discentes, já para professores e agentes universitários (efetivos ou temporários) o voto é obrigatório.


O presidente da Comissão Eleitoral, João Irineu de Resende Miranda, explica que a Comissão é formada por representantes de todos os setores da Universidade e por membros indicados pelas chapas que concorrem nesta consulta. O objetivo da Comissão é organizar a infraestrutura da eleição e garantir que todo o processo de escolha ocorra dentro da legalidade. “O que vai acontecer nesta quarta-feira é um ato de gestão democrática, que existe na UEPG há quase 40 anos, onde professores, funcionários e acadêmicos indicam quem eles querem como reitor quem vai administrar e representar a UEPG pelos próximos quatro anos”, adiciona.


Votação


A votação ocorre em três turnos – manhã (das 9h às 13h), tarde (das 13h às 17h) e noite (das 17h às 21h). No Campus Central, as votações ocorrem no Bloco A e Bloco B. Em Uvaranas, haverá urnas de votação no Bloco F, Bloco M, PDE e Central de Salas. Os agentes do Hospital Universitário terão à disposição uma urna no prédio do HU, em Uvaranas.


Os locais de votação e ensalamento de cada membro da comunidade universitária pode ser visto aqui. No local de votação, o eleitor deverá apresentar qualquer documento expedido por órgão oficial com fotografia, assinar a lista de presença e votar na urna eletrônica, respeitando a ordem de chegada dos eleitores.


O cálculo dos votos acontece por meio da expressão ponderada, considerando o peso dos votos dos alunos, professores e agentes. A expressão consta no art. 73, conforme estabelecido pela Resolução Universitária nº 36/2009. Será considerada vencedora a chapa que obtiver o maior valor numérico no cálculo da expressão.


Encerrada a apuração, a Comissão Eleitoral encaminhará o resultado da consulta ao Conselho Universitário para homologação. Após isso, o resultado com os nomes da chapa vencedora serão encaminhados ao Governador do Estado para nomeação.


Histórico


A gestão dos próximos quatro anos será a 14ª em vigência na UEPG, visto que a primeira iniciou em 06 de maio de 1970, com o professor Álvaro Augusto Cunha Rocha no cargo de reitor e o professor Odeni Villaca Mongruel, para o cargo de vice-reitor. A próxima gestão iniciam em 1 setembro de 2022 e finaliza em 31 de agosto de 2026.