• Redação

Eleições 2020: Candidatos não podem ser presos desde sábado

Medida visa garantir o direito ao voto e o equilíbrio da disputa eleitoral. Segundo o Tribunal Superior Eleioral (TSE), isso previne que prisões sejam utilizadas como manobra para prejudicar um candidato

Desde sábado (31), nenhum candidato a prefeito e a vereador pode ser detido ou preso. Durante 15 dias antes das eleições, os concorrentes só podem ser presos caso haja flagrante delito.


A medida visa garantir o direito ao voto e o equilíbrio da disputa eleitoral. Segundo o Tribunal Superior Eleioral (TSE), isso previne que prisões sejam utilizadas como manobra para prejudicar um candidato.


Segundo o código eleitoral, a regra vale até 48 horas depois do final da votação, no dia 15 de novembro.


A partir de 10 de novembro, cinco dias antes da votação, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido. O prazo também termina no dia 17, 48 horas após o primeiro turno.


Se houver segundo turno, os candidatos não poderão ser presos a partir do dia 16 de novembro.


Ouça o áudio da notícia:


Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

- Ponta Grossa

- Paraná

- Brasil 

Ligue

Fone: (42) 3028-1300

Whats: (42) 99994-1011 

Email

jornalismo@cbnpg.com.br

Contato Comercial

opec@cbnpg.com.br