top of page
  • CBN Ponta Grossa

Em nota, ACIPG destaca que é contrária a manifestações violentas

Entidade afirma que apoia a livre manifestação e defende a liberdade de expressão, mas jamais será favor de algum tipo de ação violenta e que não respeita a propriedade e patrimônio.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG) publicou nota na tarde desta segunda-feira (09) sobre os atos de vandalismo em Brasília.


Conforme a nota, a Associação diz que é contrária a qualquer manifestação violenta, que depreda o patrimônio público e desrespeita as instituições, como as que ocorreram na Capital Federal.


A invasão começou depois que os manifestantes conseguiram romper a barreira formada por policiais militares na Esplanada dos Ministérios. O Congresso Nacional foi o primeiro a ser invadido, com os manifestantes ocupando a rampa e soltando foguetes.


Depois eles quebraram vidro do Salão Negro do Congresso e danificaram o plenário da Casa. Após a depredação no Congresso, eles invadiram o Palácio do Planalto e o Supremo Tribunal Federal (STF). No STF, quebraram vidros e móveis.


Em nota, a ACIPG afirma que apoia a livre manifestação e defende a liberdade de expressão, mas jamais será favor de algum tipo de ação violenta e que não respeita a propriedade e patrimônio.


A Associação ressaltou, ainda, que defende manifestações pacíficas que não cerceam o direito de ir e vir, que tornaram-se uma forma dos cidadãos chamarem a atenção dos poderes responsáveis por manter os direitos constitucionais.


A entidade disse que acompanha os desdobramentos dos fatos ocorridos no último fim de semana e finaliza dizendo que "seguirá atenta e atuante em prol do empresariado, da democracia e dos interesses da sociedade".

bottom of page