top of page
  • CBN Ponta Grossa

Empresa de assinatura de energia solar chega ao PR com investimento de R$ 25 milhões na construção

Entrevista desta quarta-feira (29) com Alexandre Bueno, fala sobre "assinatura de energia solar no Paraná"


Empreendimentos de 5 Megawatts no total serão construídos e operados pela Sun Mobi e vão atender cerca de 400 municípios do Paraná no modelo de geração remota para pequenos e médios negócios.


A Sun Mobi, enertech pioneira no serviço de assinatura de energia solar no País a partir de usinas de geração remota, chega ao Paraná com investimento de R$ 25 milhões para a construção de duas usinas fotovoltaicas. Os empreendimentos serão nas cidades de Assaí e Palotina, com aporte feito pela GET Energy Trading, sócia investidora da empresa. Com isso, a empresa passa a oferecer aos paranaenses a oportunidade de adquirir energia limpa e renovável, com redução nos gastos com eletricidade, sem que seja necessário investimentos em instalação de painéis solares.


Já inauguradas, as usinas fotovoltaicas, de 5 Megawatts (MW) no total, integram o plano estratégico da Sun Mobi de democratizar ainda mais o acesso à tecnologia fotovoltaica para consumidores de cerca de 400 municípios do estado paranaense dentro da área de concessão da Copel, incluindo Londrina, Curitiba, Maringá, Foz do Iguaçu e Cascavel.


As novas usinas fornecerão energia limpa e renovável para edificações de todos os portes, entre casas, apartamentos, imóveis alugados, comércios e indústrias. A proposta é garantir, sem investimento do consumidor, eletricidade verde e barata para clientes que não podem ou não pretendem instalar painéis solares nos locais, com foco especial em pequenos negócios, como restaurantes, padarias, condomínios e demais empresas de comércio e serviços, além de consumidores residenciais.


“Esse tipo de contrato de fornecimento de energia solar tem crescido exponencialmente no País, impulsionado pela ausência de necessidade de investimento num sistema próprio de geração de eletricidade no telhado ou num pequeno terreno, além da facilidade do processo de adesão”, explica Guilherme Susteras, sócio da Sun Mobi.


Os consumidores têm alívio na conta de luz por dois motivos: primeiro, fazem gestão ativa do seu consumo com os sensores e informações disponibilizadas pela Sun Mobi e, depois, pela não incidência das bandeiras tarifárias nas contas de energia dos clientes da empresa. “A combinação dos dois fatores pode dar uma economia significativa para nossos assinantes”, aponta Alexandre Bueno, sócio da Sun Mobi.


“Além dos benefícios econômicos, a construção das novas usinas trará grandes ganhos ambientais para a região. Num horizonte de operação de 30 anos e com uma geração de 982,5 mil kilowatts hora (kWh), serão evitadas as emissões de 123,4 mil toneladas de CO2, o que equivalem a cerca de 756,6 mil árvores plantadas”, explica Alexandra Susteras, sócia da Sun Mobi.


Ouça aqui:


bottom of page