• Redação

Entenda a diferença entre os testes para diagnóstico do Covid-19

Por dia, o Laboratório Central do Paraná realiza 600 testes que chegam de todos os municípios; resultados ficam prontos em até 72 horas.



Até o dia 7 de abril, o Ministério da Saúde enviou ao Laboratório Central do Paraná (Lacen-pr) cerca de 16 mil 900 testes RT-PCR capazes de identificar a Covid-19 e outros vírus respiratórios. Conforme dados do ministério, outros 26 mil testes rápidos também já foram destinados ao estado.

O Lacen é o principal ponto de referência do Paraná para os exames do novo coronavirus. Por dia, o laboratório realiza 600 testes que chegam de todos os municípios e, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, os resultados ficam prontos em até 72 horas.

O médico ponta-grossense Rafael, explica que o teste PCR e o teste rápido são usados para diagnosticar o vírus que provoca a COVID-19, de acordo com o período em que está agindo no organismo. Segundo o médico, o teste padrão, conhecido por PCR ou biologia molecular é o mais sensível e eficaz no diagnóstico. De acordo com Santos, o teste rápido deve ser utilizado no Brasil em larga escala. Esse exame é diferente do padrão principalmente pelo tempo de realização. Até o momento, O Ministério da Saúde e a Secretaria Estadual de Saúde descartam realizartestes em massa, para evitar a expansão do novo coronavírus na população.


Ouça a matéria:


Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

Ponta Grossa - PR

Ligue

Fone: 42 - 3028 1300

Whats: 42 9 9994 1011