• Redação

Gilson Aguiar: Educação a distância necessária e permanente


O que se tem a fazer é gerar inclusão. Saber usar as ferramentas da internet. Sem críticas a questão da qualidade. Pois não é o meio, mas a má intenção das pessoas que prejudica qualquer ação.


Universidades públicas estão atravessando o dilema do uso de tecnologia para o ensino a distância. As ferramentas digitais existem e vieram para ficar. Os professores e alunos devem se adaptar. Não é fácil usar uma ferramenta a qual não estamos acostumados. Porém, a qualificação de pessoas para o uso de tecnologia não é algo temporário e sim permanente.


Há os que criticam sobre a qualidade do ensino a distância. Mas não se pode jogar fora a competência das pessoas usando as ferramentas como justificativa. O meio não faz a intenção. O ensino a distância é e pode ser qualitativo. Depende cada vez mais de quem está usando do que a ferramenta a ser usada.


A inclusão digital veio para ficar e temos que aprender a lidar com ela. A educação pública deve se adequar e criar condições para que as pessoas envolvidas também se adequem. Para que elas também tenham a acesso às condições mínimas para terem conteúdo e participarem de atividade educativas via internet.


Com estas mudanças que se aceleraram com a pandemia, a lição está sendo dada. Ou reparamos a diferença de condições de parte dos brasileiros em relação ao acesso à educação ou vamos naufragar diante de qualquer desafio que nos seja colocado. Nosso problema é crônico e não casual. Nossas mazelas são permanentes e não pontual. 


Temos que abraçar todas as condições mínimas de qualidade para não perdermos a possibilidade de gerar eficiência e qualidade humana. Isto é o fator determinante para o sucesso ou o fracasso de qualquer medida, as pessoas. 


Imagem ilustrativa/Pixabay/domínio público



Ouça o comentário de Gilson Aguiar para a Rádio CBN Ponta Grossa:


Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

- Ponta Grossa

- Paraná

- Brasil 

Ligue

Fone: (42) 3028-1300

Whats: (42) 99994-1011 

Email

jornalismo@cbnpg.com.br

Contato Comercial

opec@cbnpg.com.br