top of page
  • CBN Ponta Grossa

Klabin patrocina programas de inclusão de jovens pelo esporte no Paraná

Por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, Companhia investe cerca de R$ 700 mil em programas presentes em 17 municípios paranaenses

Foto: Divulgação

Em linha com sua Política de Sustentabilidade, a Klabin investiu em 2023 a quantia de R$ 689.169,00 em projetos de incentivo à prática de atividades esportivas em seu território de operações no Paraná. Em dezembro, a Companhia beneficiou, via Lei Federal de Incentivo ao Esporte, três projetos paranaenses que utilizam práticas esportivas como fortalecimento da cidadania e formação de crianças e adolescentes. Os programas estão presentes em 17 municípios.


Em Telêmaco Borba, a Associação Desportiva de Telêmaco Borba Para Todos (ADTB) incentiva a prática esportiva como ferramenta de inclusão e transformação social. O futsal é a modalidade oferecida a crianças e adolescentes de seis a 18 anos. Além do trabalho social, em 2023, a equipe de futsal colheu excelentes resultados, com a conquista do vice-campeonato paranaense de futsal feminino série Ouro, foi campeã dos Jogos Abertos do Paraná (JAPs) pela sexta vez e tricampeã dos Jogos da Primavera.


Outro projeto contemplado com patrocínio foi o Superação, desenvolvido pelo Colégio Estadual do Campo Teófila Nassar Jangada, no distrito de José Lacerda, área rural de Reserva (PR). São beneficiados 55 alunos, desde o 6º ano do ensino fundamental até o 3º ano do ensino médio. Eles recebem materiais de treinamento – como, por exemplo, novos pares de tênis para os 27 atletas classificados nos Jogos Escolares –, e recursos para o pagamento de uma bolsa auxílio para os 10 competidores com os melhores resultados. Com o incentivo sendo dado há dois anos, os atletas que integram o projeto conquistaram 123 medalhas em 2023.



Voleibol


Para incentivar o voleibol, a Klabin selecionou o Instituto Compartilhar, com o projeto Vôlei em Rede, que atinge 1.800 crianças e adolescentes entre nove e 15 anos em 17 núcleos de iniciação esportiva espalhados pelo estado, principalmente em escolas públicas. O projeto existe há 26 anos no estado e conta com o incentivo da Klabin há oito anos, diretamente com recursos via Lei de Incentivo ao Esporte. Cerca de 43 mil pessoas ligadas às instituições de ensino foram beneficiadas, e cerca de três mil professores e profissionais de educação física foram formados com a metodologia do Instituto Compartilhar. Em 2021, a ex-aluna do núcleo Curitiba, Roberta Ratzke, foi medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio.


“Apoiar esses projetos de incentivo à prática do esporte, como meio de inclusão e ascensão social, reafirma nosso compromisso em atuar de forma responsável com o desenvolvimento social das comunidades onde a empresa está inserida”, afirma Uilson Paiva, gerente de Responsabilidade Social e Relações com a Comunidade da Klabin.


Das Assessorias

Comments


bottom of page