• Redação

Covid-19: Mensalidades e preços abusivos estão entre as reclamações ao Procon

As primeiras denúncias foram sobre o preço de mascaras e álcool em gel. Cerca de 60 farmácias foram notificadas.


Mesmo com o retorno parcial de alguns setores comerciais em Ponta Grossa, as aulas da rede pública e privadas e cursos de diversas modalidades não voltaram ao normal. A medida é mantida pelos governos municipal e estadual para evitar a propagação do novo coronavírus.


Segundo o coordenador do Procon de Ponta Grossa, Leonardo Werlang, desde o início da pandemia, a mensalidade desses segmentos foi tema recorrente entre os atendimentos do órgão.

A prática de preços abusivos foi outra reclamação comum entre os consumidores do município no último mês. Conforme o Procon, os atendimentos são triados, investigados e se constatada irregularidades, as empresas estão sujeitas a multas. Leonardo Werlang comenta que em Ponta Grossa, as primeiras denúncias foram sobre o preço de mascaras e álcool em gel. Cerca de 60 farmácias foram notificadas.


Nos últimos dias, o Procon Ponta Grossa iniciou a análise dos preços do leite nos supermercados. Em relação ao pagamento das mensalidades de escolas e cursos na íntegra mesmo com as aulas presenciais suspensas, o coordenador do Procon, Leonardo, informa o melhor caminho é que os lados negociem e cheguem a uma solução que sejam bom para ambos.

As denúncias de possíveis abusos de preços em Ponta Grossa, além de outras irregularidades, podem ser dirigidas ao Procon pelo telefone (42) 3220-1045 ou pelos e-mails: proconpontagrossa@gmail.com e procon@pontagrossa.gov.com.br.

Ouça a matéria:


Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

Ponta Grossa - PR

Ligue

Fone: 42 - 3028 1300

Whats: 42 9 9994 1011