• Redação

Ministério Público pede que flexibilização do isolamento seja revista no Paraná

Conforme o decreto estadual 4.317/2020, 42 setores são considerados essenciais no Paraná.

A Procuradoria-Geral de Justiça do Paraná encaminhou, nessa segunda-feira (08), um ofício ao Governo do Estado em que propõe a revisão dos critérios que levaram à flexibilização do isolamento social em todo o Estado.


O documento pede a revisão dos setores considerados essenciais para que se restrinjam às ações imprescindíveis para a população e que se não atendidas podem colocar em perigo a sobrevivência, saúde e segurança das pessoas. Conforme o decreto estadual 4.317/2020, 42 setores são considerados essenciais no Paraná.


A Procuradoria-Geral de Justiça alerta que a liberação das atividades econômicas pode impactar no aumento de casos da Covid-19 e na sobrecarga da rede de saúde.


Na última semana, o Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção à Saúde Pública do Paraná solicitou à Secretaria Estadual de Saúde (Sesa/PR) informações sobre as evidências científicas e os parâmetros epidemiológicos que fundamentaram a autorização de funcionamento de cada uma das áreas consideradas essenciais no Decreto Estadual.


Foto: AEN/Divulgação


Ouça o boletim:



Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

Ponta Grossa - PR

- Paraná

- Brasil 

Ligue

Fone: (42) 3028-1300

Whats: (42) 99994-1011