top of page
  • CBN Ponta Grossa

Ministro da Agricultura anuncia compra pública de leite para amenizar concorrência internacional

Produtores leiteiros têm enfrentado dificuldades para vender o produto com a importação principalmente dos mercados argentino e uruguaio.

Foto: Ney Hermann

O ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, falou sobre a dificuldade enfrentada pelo setor leiteiro pelo aumento das importações de leite nesta terça-feira (08). Durante participação no Agroleite, em Castro, ele anunciou que o governo federal vai comprar leite em pó de produtores brasileiros com preço de varejo.


A medida, conforme o ministro, será feita através da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e programas federais de compras públicas. Segundo o ministro, o governo vai verificar se o leite importado vêm da Argentina e Uruguai, parceiros econômicos no âmbito do Mercosul.


Produtores leiteiros têm enfrentado dificuldades para vender o produto com a importação principalmente dos mercados argentino e uruguaio. Eles reclamam que leite chega ao Brasil com preços mais baratos, o que dificulta a venda de produtos nacionais.


Dados do governo federal mostram que o Brasil importou quase 70 mil toneladas de leite, creme de leite e laticínios nos primeiros quatro meses deste ano. O volume é mais que o triplo das importações do mesmo período do ano passado.


O leite importado da Argentina e Uruguai é cerca de 15% mais barato do que o nacional. No entanto, neste ano a diferença está ainda maior. Os produtores pressionam o governo a limitar a importação ou anunciar subsídio para o mercado brasileiro. O ministro falou que a compra pela Conab deve ser lançada nesta semana.


Durante o evento em Castro, nos Campos Gerais, o ministro Carlos Fávaro destacou o cooperativismo na região.


Com contribuição de Ney Hermann



Opmerkingen


bottom of page