top of page
  • CBN Ponta Grossa

Obras: Motoristas enfrentam dificuldades com falta de sinalização na Rua Balduíno Taques

Prefeitura afirma que revitalização da sinalização está prevista para os próximos dias.

Obras terminaram na semana passada. Foto: Prefeitura de Ponta Grossa

Motoristas enfrentam dificuldades com a falta de sinalização na Rua Balduíno Taques depois que a via passou por obras nas últimas semanas. A revitalização de cerca de quatro quilômetros da rua foi finalizada na última sexta-feira (18), mas as pinturas que delimitam as faixas ainda não foram feitas.


A Balduíno Taques é uma das ruas mais movimentadas da cidade, com início no bairro Órfãs até Oficinas. A via recebeu ações corretivas, com melhorias em pontos que estavam deteriorados ou próximos de apresentar problemas. Além de uma camada de micropavimento para dar uniformidade ao asfalto.


No início do mês, a prefeita Elizabeth Schmidt afirmou, em um vídeo publicado nas redes sociais, que a pintura das faixas seria feita no período noturno para não atrapalhar o trânsito. Nesta quinta-feira (24), a prefeitura de Ponta Grossa afirmou à CBN que a revitalização da sinalização está prevista para os próximos dias.


Conforme a Administração, agentes de trânsito têm realizado patrulhamentos e equipes estão em pontos estratégicos da via no intuito de acompanhar a situação e, caso necessário, realizar a orientação dos motoristas.


Com o fim das obras na Balduíno Taques, as obras continuam nesta semana na Rua Emílio de Menezes, desde a alça de acesso à Avenida Visconde de Mauá até o Estádio Germano Kruger, com bloqueio da via e suas transversais.


Conforme a Secretaria de Serviços Públicos, esse trecho necessita de escavações mais profundas e por isso foi bloqueado totalmente. No período, um desvio é feito pela Visconde de Mauá, que ficará em mão dupla por até uma semana.


O desvio inicia na alça de acesso e segue até a Rua Padre Nóbrega, onde encontra-se o Colégio Estadual Doutor Colares. Neste período, o trecho da Emílio de Menezes e as transversais estarão totalmente bloqueadas. A partir da segunda semana, o trecho será em uma pista até o término das obras, com liberação total da Visconde de Mauá.


A orientação é para que os motoristas busquem rotas alternativas nos trajetos entre bairros e região central, como a Avenida União Panamericana, ligando Colônia Dona Luiza e Oficinas, e as ruas Leopoldo Guimarães da Cunha, Avenida dos Vereadores e Rua Nilo Peçanha.

Comments


bottom of page