top of page
  • CBN Ponta Grossa

Operação da Polícia Federal mira organização criminosa que roubava cargas no Paraná

Criminosos se disfarçavam de policiais e mantinham motoristas em cárcere privado; Cargas eram descarregadas na região de Ponta Grossa.

Foto: Polícia Federal

Uma operação da Polícia Federal mirou uma organização criminosa dedicada a roubos de cargas com atuação nos estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Mato Grosso do Sul. Os mandados de prisão preventiva e busca e apreensão foram cumpridos nessa quinta-feira (27) em Curitiba, Campina Grande do Sul, Rio Negro, Guarapuava, Castro.


Ao todo foram seis mandados de prisão preventiva, oito mandados de busca e apreensão, um mandado de suspensão de atividade comercial e um mandado de arresto de bens e bloqueio de valores. Todos expedidos pela 1ª Vara Federal de Ponta Grossa.


De acordo com as investigações, o grupo criminoso agia a partir de informações privilegiadas de um paraguaio e utilizava uniformes de forças policiais e armamento de grosso calibre. Com isso, os indivíduos abordavam caminhões carregados de produtos contrabandeados como cigarros e pneus, após cruzarem a fronteira brasileira.


Depois das abordagens, os integrantes da organização criminosa mantinham os motoristas em cárcere privado e os abandonavam logo depois. A carga trazida do Paraguai era descarregada na região de Ponta Grossa e depois distribuída aos estados brasileiros.


Conforme a Polícia, os caminhões abordados eram levados para a região metropolitana de Curitiba, em que eram clonados ou vendidos para desmanche. Para a deflagração da operação, foram mobilizados 50 policiais federais, que contaram com o com apoio do Grupo Tigre e do Grupo de Operações Aéreas, ambos da Polícia Civil do Paraná.

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page