• Redação

Paraná amplia parceria com o governo federal para leitos de UTI

Em encontro com Carlos Massa Ratinho Junior, ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, assegurou o envio de medicamentos anestésicos para intubação de pacientes em tratamento da Covid-19.

O Ministério da Saúde garantiu, nesta quinta-feira (23), que vai ampliar as parcerias com o Governo do Paraná. Também serão atendidas várias demandas encaminhadas para a União pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior. As ações visam reforçar o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus no Estado.


Depois de se reunir com Ratinho Junior, no Palácio Iguaçu, em Curitiba, o ministro interino Eduardo Pazuello assegurou a renovação da habilitação de 438 leitos de UTI e 35 UTIs pediátricas que estão sendo utilizados pelos hospitais paranaenses em todas as regiões.


Ele também se comprometeu a enviar para o Paraná medicamentos anestésicos para intubação dos pacientes em tratamento intensivo por causa da Covid-19. Outro compromisso é atender, nos próximos meses, um pedido de habilitação de mais 303 leitos de tratamento avançado.


No encontro com o ministro, a equipe de governo solicitou mais 150 ventiladores e 150 monitores para ampliar o atendimento nos hospitais públicos, privados e filantrópicos que fazem parte da estratégia de enfrentamento contra a pandemia, e a contratação de mais 217 médicos para municípios paranaenses a partir das vagas remanescentes do edital de seleção do programa Mais Médicos.


Parceria

Desde o início do ano, o Ministério da Saúde repassou para o Governo do Estado e os municípios paranaenses cerca de um bilhão de reais para o enfrentamento da Covid-19. De março a julho, a pasta habilitou 473 leitos de UTI exclusivos, sendo 35 pediátricos, com investimento de 68 milhões e 100 mil reais.


Segundo Pazuello, o Paraná recebeu um milhão e 600 mil medicamentos, nove milhões e 100 mil Equipamentos de Proteção Individual, além de insumos para testagem. Neste mês o Paraná também recebeu 534 ventiladores pulmonares, dentro de um programa de sete mil e 900 entregues pelo governo federal aos estados. Foram 214 para o Governo do Estado e 320 aos municípios.


Dengue

Durante o encontro, Beto Preto também solicitou ao ministro Pazuello ajuda no combate à epidemia de dengue. Houve um aumento de casos no Paraná no último ano por causa de um novo sorotipo da doença, que até então não circulava no Estado. O Paraná registrou 227.724 casos e 177 mortes no último período epidemiológico, de julho do ano passado até este mês.


Informações Agência Estadual de Notícias do Paraná

Imagem: Reprodução/Rodrigo Felix Leal

Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

Ponta Grossa - PR

- Paraná

- Brasil 

Ligue

Fone: (42) 3028-1300

Whats: (42) 99994-1011