• Redação

Paraná: Safra de grãos deve ser 6% menor que a do ano passado

Produção foi afetada pela falta de chuvas e longo período de seca em todo o Estado.

De acordo com o relatório mensal do Departamento de Economia Rural (Deral), a safra de grãos 2020/2021 no Paraná deve ser 6% menor do que a produção da safra do ano passado.


O documento mostra que o Estado vai gerar um volume de 38,6 milhões de toneladas de grãos em uma área que passa de 10 milhões de hectares.


Conforme o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, a seca e as geadas impactaram na cultura de milho e feijão.


Ouça abaixo


Segundo o relatório, a segunda safra de feijão foi prejudicada pela falta de chuvas. Com uma redução estimada em 38%. Já na segunda safra de milho, é esperada a produção de aproximadamente 10,3 milhões de toneladas, com perda de 30%.


A quebra na safra do grão deve-se à estiagem. Segundo o chefe do Deral, Salatiel Turra, a cultura do milho impacta também nas cadeias da carne e do leite.


Mas Turra explica que os preços praticados estão recompensadores para os produtores.


Ouça abaixo


As dificuldades também resultaram em um alto custo de produção para os agricultores paranaenses.


Ouça: