• Redação

Pesquisa apresenta índice da Cesta Básica pelos preços on-line dos supermercados

Atualizado: Jul 14


A pesquisa sobre o custo médio da Cesta Básica em Ponta Grossa, feito Núcleo de Economia Regional e Políticas Públicas da Universidade Estadual de Ponta Grossa (Nerepp-UEPG) foi adaptado durante a pandemia. Na sexta-feira (10), a equipe divulgou o índice com base nos preços das compras realizadas pelo sistema de delivery dos supermercados.


Segundo o estudo realizado na primeira semana de junho com a primeira semana de julho, o custo médio da Cesta Básica (compras on-line) reduziu 2,14% no mês de junho.


A compra dos 33 produtos que compõem a cesta passou a custar R$584,69 na primeira semana de julho.  Desses, 11 subiram, 21 caíram e 1 permaneceu constante. O item que mais aumentou foi o sabão em pó (14,16%) e o de maior queda foi a batata (38,17%).


Dos cinco grupos que compõem a cesta básica, o que apresentou maior queda em seus valores foi o hortifrutigranjeiro (18,29%).


Uma família com renda mensal de apenas um salário mínimo gastaria 55,95% de sua renda.


Conforme o Nerepp, o levantamento também levou em consideração a Pesquisa de Orçamento Familiar (POF) de 2016.  O Índice Cesta Básica (ICB) não deve ser confundido como aferidor de inflação, além de ser exclusivo para representar as compras efetuadas pelo sistema delivery dos supermercados.

Variações do grupos:

– Alimentação Geral: queda de 2,31%, e dentro deste, a farinha de trigo foi o produto responsável pela maior variação positiva de 4,67% e sendo o macarrão o item de maior variação negativa com 17,82%.


– Hortifrutigranjeiros: queda de 18,29% e dentro deste grupo, o produto de maior variação positiva foi a banana com 13,48%, e a batata com 38,17% de maior variação negativa.


– Carne: aumento de 6,31% e dentro deste, a carne bovina apresentou a maior variação positiva de 7,53%, enquanto o frango veio a apresentar a menor variação positiva de 3,31%.


– Higiene: queda de 5,45% e dentro deste, o produto de maior variação positiva foi o dentifrício com 5,77% e o produto de maior variação negativa foi o sabonete com queda de 22,01%.


– Limpeza: aumento de 4,92% e dentro deste, o produto de maior variação positiva foi o sabão em pó com 14,16% e o produto de maior variação negativa foi a esponja de aço com 22,45%.



Imagem: Reprodução/Agência Brasil


Ouça a matéria:


Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

- Ponta Grossa

- Paraná

- Brasil 

Ligue

Fone: (42) 3028-1300

Whats: (42) 99994-1011 

Email

jornalismo@cbnpg.com.br

Contato Comercial

opec@cbnpg.com.br