• Redação

Presos produzem materiais de proteção individual contra o coronavírus

Objetivo é produzir em média 7,8 mil itens por dia, ou seja, mais de 39 mil por semana. A cada dia trabalhado, os detentos se beneficiam com a redução de um dia de pena.

Cerca de 200 presos de 17 Unidades Penitenciárias do Paraná estão produzindo máscaras, pijamas e outros itens de proteção individual para agentes da saúde e da segurança pública de do Estado. O objetivo é produzir mais de 7 mil itens por dia.


A cada dia trabalhado, os detentos se beneficiam com a redução de um dia de pena. Segundo o estado, a produção visa reduzir a escassez de equipamentos de proteção individual contra o novo coronavírus no mercado. A confecção segue normativas de segurança e orientações de técnicos de saúde.

Na região dos Campos Gerais, policiais civis e militares e guardas municipais têm se beneficiado da produção de máscaras. As três instituições já receberam 200 unidades dos equipamentos faciais. A expectativa do Estado, é que produção na área de PONTA Grossa chegue a 48 mil unidades, sendo que 600 ficam prontas diariamente.


As outras unidades penais que estão confeccionando e distribuindo itens de proteção ficam em Foz do Iguaçu, Maringá, Londrina, Cascavel, Francisco Beltrão, Guarapuava, Curitiba e região metropolitana.

Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

- Ponta Grossa

- Paraná

- Brasil 

Ligue

Fone: (42) 3028-1300

Whats: (42) 99994-1011 

Email

jornalismo@cbnpg.com.br

Contato Comercial

opec@cbnpg.com.br