top of page
  • CBN Ponta Grossa

Quase 19 mil crianças já estão cadastradas para tomar a vacina contra a Covid-19 em Ponta Grossa

O cadastro permite que a Fundação Municipal de Saúde programe a campanha de imunização para este público.

Foto: Thailan Jaros/CBN Ponta Grossa

Quase 19 mil crianças de cinco a 11 anos foram cadastradas para receber a vacina contra a Covid-19 em Ponta Grossa. O cadastro permite que a Fundação Municipal de Saúde programe a campanha de imunização para este público.


A estimativa é de que 37.013 crianças tomem a vacina no município. Conforme a prefeitura, 18.906 cadastros já foram feitos. De acordo com o vacinômetro, atualizado na manhã desta quarta-feira (26), 1.287 doses já foram aplicadas no público infantil, o equivalente a 3,5% do total.


A campanha começou na última sexta-feira (21). A Fundação espera vacinar de cinco a sete mil crianças por semana em Ponta Grossa.


Nesta quarta-feira, 2 mil doses foram destinadas ao público, 554 para os prioritários, que são as crianças com comorbidades, deficiência permanente, indígenas e quilombolas e 1.446 doses para o grupo geral de 11 anos, nascidos entre 21 de janeiro e seis de setembro de 2010.


Outras 900 doses estão disponíveis para esta quinta-feira. Conforme a Fundação Municipal de Saúde, 44 são para o público prioritário, 586 para crianças de 11 anos e 271 para crianças de 10 anos, nascidas entre 26 de janeiro e dois de março de 2011.


As vacinas são aplicadas no Centro de Convenções e Avivamento, na Rua Maria Rita Perpétuo da Cruz, próximo ao Parque Linear, em Oficinas, das 9h às 16h.


O comprovante do agendamento, com horário da aplicação, está disponível para

consulta no mesmo link do pré-cadastro, no site da prefeitura. O responsável deve informar CPF, um documento da criança e data de nascimento.


Recomendações


Conforme o Ministério da Saúde, é importante que os pais ou responsáveis considerem um intervalo de 20 minutos após a aplicação, em que as crianças permanecerão no local para observação.


É necessário que as crianças estejam acompanhadas de apenas um responsável e cheguem com 5 minutos de antecedência do horário agendado, para evitar aglomerações.


As crianças com comorbidades precisam apresentar uma declaração médica no momento da vacinação. Então os pais ou responsáveis já podem ir providenciando o documento.


No momento do pré-cadastro, será preciso apenas indicar qual a comorbidade, para controle do Setor de Imunização, mas o atestado será exigido apenas na hora da vacinação.


Como ocorreu com os adolescentes, menores de 18 anos devem ter autorização de pais ou responsáveis para a aplicação da vacina.


Esta autorização pode ser dada verbalmente com a presença de um dos responsáveis no momento da vacinação ou através de declaração de autorização impressa.


Novas doses


De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, 213.480 vacinas contra a Covid-19 exclusivas para crianças e adolescentes chegaram ao Paraná na noite dessa terça-feira (25). As doses devem ser distribuídas aos municípios ainda nesta quarta.

Do quantitativo total, 118.280 são vacinas da CoronaVac destinadas para a faixa etária de 6 a 17 anos (não imunocomprometidos) e 95.200 são doses da Pfizer/BioNTech para crianças de 5 a 11 anos.


Essa é a primeira remessa da vacina CoronaVac que o Paraná recebe para a imunização do público infantil. Anteriormente, apenas a vacina pediátrica da Pfizer estava autorizada a ser aplicada nos jovens e crianças.








Commentaires


bottom of page