• Thailan Jaros

Registro de mães solos em Ponta Grossa é o maior desde 2018

Nos quatro primeiros meses do ano, foram 100 crianças registradas sem o nome do pai.

Foto: Agência Brasil

Conforme dados levantados pelos Cartórios de Registro Civil, 5,6% dos bebês registrados em Ponta Grossa neste ano tem apenas o nome da mãe na certidão de nascimento.


Nos quatro primeiros meses do ano, foram 100 crianças registradas sem o nome do pai, o maior número absoluto e percentual desde 2018.


Neste ano, o município registrou o menor número de nascimentos para o período. Foram 1.775 nascimentos em Ponta Grossa nos quatro primeiros meses do ano.


Comparado ao mesmo período de 2018, quando nasceram 2.062 crianças e 65 delas foram registradas somente com o nome materno, o número de mães solos cresceu 35 registros, o que equivale a um aumento de 53%.


Segundo o levantamento, em 2021 foram 82 registros de mães solos nos primeiros quatro meses do ano , em 2020 foram 80 e em 2019, 84 crianças.


No Paraná, 2.392 crianças foram registradas somente com o nome materno nos quatro primeiros meses deste ano.


Ouça: