top of page
  • CBN Ponta Grossa

Saúde do Idoso pauta reunião em Porto Amazonas

Senescência ou Senilidade. Você já ouviu falar destes termos? Eles são frequentemente usados para tratar sobre a Saúde da Pessoa Idosa

Foto: Divulgação

Enquanto a Senescência se refere às alterações normais do envelhecimento, a Senilidade trata do envelhecimento patológico, que chega com algumas doenças. Este foi um dos assuntos tratados durante reunião de qualificação do Consórcio Intermunicipal de Saúde dos Campos Gerais (CimSaúde) com equipe da Atenção Primária do município de Porto Amazonas na última segunda-feira, dia 26. A reunião faz parte das ações do Programa Estadual de Qualificação dos Consórcios (Qualicis).


Conforme a enfermeira do CimSaúde, Sabrina Dátola, são diversas as ações de matriciamento que estão sendo realizadas nos municípios consorciados. “Com os matriciamentos visamos dar um suporte técnico e pedagógico sobre as Linhas de Cuidado em execução nos Ambulatórios”, esclarece.


Sobre a Linha de Cuidado à Saúde da Pessoa Idosa, tema abordado em Porto Amazonas, a médica especialista em geriatria, Leidi Daiane Teider, e a fisioterapeuta, Franciane Aparecida da Silva, passaram instruções sobre as abordagens das síndromes geriátricas. “O primeiro passo é os profissionais saberem questões da senescência e senilidade. Assim eles não induzirão tratamentos fúteis, ou até mesmo negligenciarão tratamentos ao se avaliar patologias como senescência”, fala a médica.


Para ‘esclarecer’ as questões e estratificar os pacientes, a Linha de Cuidado conta com algumas ferramentas que devem ser avaliadas tanto na Atenção Primária quanto na Ambulatorial. A avaliação multidimensional do idoso, o preenchimento do Índice de Vulnerabilidade Clínico Funcional e também o Plano de Cuidados. “Estes passos são fundamentais tanto para a estratificação quanto para o tratamento dos pacientes”, avalia a diretora do CimSaúde, Pâmella Costa.


Para a enfermeira da Unidade Básica de Saúde, Dr Roberto Saraiva Osório de Almeida, de Porto Amazonas, Renata Ferrari, a qualificação do CimSaúde foi de grande valia para os profissionais participantes. “A equipe conduziu informações de extrema relevância para melhorar a qualidade do nosso atendimento a essa sub população de risco, tudo correspondendo com a proposta do programa PlanificaSUS, que norteia nossas ações”, avalia.


Conforme Daiana, o ‘acolhimento’ da equipe porto amazonense foi essencial para que o trabalho do CimSaúde tivesse êxito. “Fomos muito bem acolhidos pelo município de Porto Amazonas e conseguimos tirar as dúvidas e demandas do município, além de entender as dificuldades da estratificação e dos encaminhamentos”, finaliza.


Das Assessorias


Comentários


bottom of page