• Redação

Saúde monitora pessoas que estiveram no velório de paciente com coronavírus

Atualizado: 21 de Ago de 2020

Segundo a Prefeitura, atestado de óbito emitido pelo hospital não mencionou a doença e velório foi liberado. A Saúde, então, constatou que se tratava da 31ª morte de covid-19 e entrou em contato com a família para fechar o caixão e isolar a área.

A Fundação Municipal de Saúde de Ponta Grossa está monitorando as pessoas que estiveram no velório de um paciente positivo para o novo coronavírus. O homem, de 46 anos, morreu nessa quarta-feira (19).


Conforme a Prefeitura, ele procurou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santa Paula no dia 10 de agosto e o teste rápido para a doença teve resultado negativo.


Após a coleta do exame RT-PCR, o homem foi transferido para o Hospital Universitário e no dia 13 de agosto testou positivo para a Covid-19. A Prefeitura afirma que o resultado foi informado no sistema oficial do Laboratório Central do Estado do Paraná.


Segundo o Município, o atestado de óbito emitido pelo hospital nessa quarta-feira não mencionou a doença e por isso o velório foi liberado. A Prefeitura, então, constatou que se tratava da 31ª morte de coronavírus e entrou em contato com a família para fechar o caixão e isolar a área.


O Hospital Universitário comunicou em nota, que a coleta de exames e o resultado positivo não foram informados ao hospital, antes ou durante o internamento. Além disso, a tomografia pulmonar do paciente não apresentou comprometimento característico de Covid-19.


No mês passado, outro paciente que testou positivo para o novo coronavírus foi velado em Ponta Grossa. Por isso a Prefeitura editou um decreto que proíbe os velórios de casos suspeitos ou confirmados da doença no município.


Nota Oficial da Prefeitura de Ponta Grossa

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, através da Fundação Municipal de Saúde (FMS), esclarece informações a respeito do óbito 31º divulgado ontem (19).


O paciente deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santa Paula no dia 10 de agosto e foi tratado como paciente suspeito desde o início.


O estabelecimento solicitou transferência através da Central de Leitos, regulação do Estado. O mesmo, por fechar quadro clínico para a COVID-19, realizou testagem rápida, com resultado negativo e testagem de RT-PCR.


Após coleta do exame, o paciente foi transferido para o Hospital Universitário com a devida informação/observação, dentro do sistema do Estado – Solicitação de leito -, de ‘PACIENTE SUSPEITO DE COVID-19’, o que veio a se confirmar no dia 13/08 com o resultado do exame RT-PCR, informado no sistema oficial do Laboratório Central do Estado do Paraná– Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), o qual os estabelecimentos de saúde credenciados têm acesso. O procedimento adotado pelo Hospital deve ser verificado com o estabelecimento.


O paciente entrou em óbito na estrutura, a qual é responsável por emitir a declaração de óbito. O documento emitido não constou paciente positivo para COVID-19, sendo assim foi liberado para velório. Após constatação pelo município, através de cruzamento de dados, que se tratava de paciente com RT-PCR confirmado, a FMS entrou em contato com a família tomando as providências possíveis diante da situação.


Pelo fato de já não ser possível realizar sepultamento naquele período, fechou-se o caixão e restringiu-se a área, isolando o local de acesso de pessoas. A FMS ressalta que todas as pessoas que tiveram presentes no velório entraram no monitoramento do município. Informamos que todo o local receberá desinfecção no dia de hoje (20).


Nota do Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais

A Universidade Estadual de Ponta Grossa, por meio de seu Hospital Universitário, informa que em 10 de agosto recebeu solicitação de vaga para paciente de 45 anos em atendimento na UPA, onde foi realizado teste rápido para coronavírus, que resultou negativo.


Após transferência e internamento no HU, a tomografia pulmonar não apresentou comprometimento característico de Covid19. Com o óbito ocorrido ontem (19), após a liberação do corpo, quando a família já realizava o velório, a equipe do HU-UEPG foi informada que, em 10 de agosto, a UPA coletou material para exame PCR. No dia 13, o teste resultou positivo para a coronavírus. O HU-UEPG ressalta que estas condições, coleta de exames e resultado positivo, não foram comunicadas ao HU-UEPG, antes ou durante o internamento.


A instituição, que desde o início da pandemia é referência no atendimento impecável e responsável de pacientes Covid-19 encaminhados por 12 municípios da Região dos Campos Gerais, reitera que segue todos os protocolos estabelecidos pelas autoridades de saúde. A direção do Hospital, equipes e toda a comunidade universitária estão consternadas pelo falecimento do paciente e pela falta de informação, que expôs, infelizmente, familiares, contactantes e possivelmente a equipe que prestou atendimento.


Ouça o áudio da notícia completa:


0 comentário

Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

- Ponta Grossa

- Paraná

- Brasil 

Ligue

Fone: (42) 3028-1300

Whats: (42) 99994-1011 

Email

jornalismo@cbnpg.com.br

Contato Comercial

opec@cbnpg.com.br