top of page
  • CBN Ponta Grossa

Secretaria vai verificar vídeos de câmeras para investigar atos de cunho sexual no Lago de Olarias

Fotos que circulam nas redes sociais mostram pelo menos três mulheres nuas durante o período da noite.

A Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública vai repassar os arquivos do sistema de monitoramento do Lago de Olarias para investigar mulheres envolvidas em atos de cunho sexual no local.


Fotos que circulam nas redes sociais mostram pelo menos três mulheres nuas durante o período da noite. Não é possível precisar a data em que as fotos teriam sido tiradas.


Conforme o código penal, qualquer manifestação de cunho sexual em local público é considerada crime. A ação é caracterizada como ato obsceno de ofensa ao pudor público. A pena pode ser de três meses a um ano de prisão, além de multa.


O vídeo foi gravado em frente ao letreiro da cidade. Nas proximidades está instalado um totem de monitoramento da Guarda Municipal.


O equipamento tem cinco câmeras de alta tecnologia e um botão de acionamento da Guarda. Uma unidade avançada de segurança também está sediada no Lago de Olarias, com patrulhamentos para manter a segurança dos visitantes.


De acordo com a Secretaria, as equipes verificam as imagens das câmeras de monitoramento para identificar os responsáveis pelos atos e a data em que o fato ocorreu. Os arquivos serão repassados para a Polícia Civil para que sejam incluídos na investigação do caso.


A CBN não vai publicar as fotos por entender que os registros em que as mulheres aparecem nuas não têm valor jornalístico.


Comments


bottom of page