top of page
  • Ricardo Silveira

Sem inspiração, Operário perde a primeira na Série B

Fantasma foi derrotado pelo Náutico no Recife

(Foto: Tiago Caldas/CNC).

Após um empate e uma vitória, o Operário Ferroviário sofreu sua primeira derrota na Série B do Campeonato Brasileiro. O Fantasma foi superado neste domingo, 24, pelo Náutico atuando no estádio dos Aflitos, no Recife pelo placar de 2 a 0.


O jogo


Para o confronto, o técnico Claudinei Oliveira manteve a equipe que venceu a Ponte Preta na rodada anterior, muito pela ausência do meio-campo Marcelo Oliveira. O atleta ainda não atuou na competição e ficou fora em razão de uma virose.


O Operário mais uma vez apresentou dificuldades na criação e marcação no meio-campo. André Lima sobrecarregado na marcação e Reina na articulação de jogadas, muita pela falta de aproximação dos demais companheiros.


O Náutico buscou na primeira etapa explorar os pontos falhos do Fantasma, principalmente nas laterais. O Timbu teve um gol anulado do atacante Léo Passos aos 12 minutos. Segundo a arbitragem o atleta estava em posição de impedimento.


Pouco depois novo ataque do Timbu e dessa vez o gol valeu. Contra ataque pela esquerda, a bola sobrou na área para Niltinho que chutou cruzado abrindo o placar para os donos da casa.

(Foto: Gabriel Thá/OFEC).

Para a etapa final, ambas as equipes foram bastante modificadas pelos treinadores. O Operário buscando dar mais intensidade à equipe e o Náutico neutralizando as investidas do Fantasma.


Porém, as alterações do Operário foram pouco efetivas, a equipe insistiu pelo lado direito com Júnior Brandão, com isso, facilmente neutralizada pela defesa adversário.

O Operário ofereceu espaços ao adversário que após novo contra-ataque e bate rebate na área, a bola foi rolada para Luis Phelipe que mandou para as redes ampliando o marcador para o Timbu aos 33 minutos.


Nas poucas jogadas de perigo do Operário, o lado esquerdo foi acionado com o Saraiva e Rhapinha que fez sua estreia na competição. Mas, a falta de inspiração da equipe não mudou o marcador que terminou 2 a 0 para os pernambucanos.


O goleiro Vanderlei foi o destaque do Operário mesmo com a derrota, fazendo importantes defesas e evitando um placar mais elástico.


O que vem por aí...


O Operário volta a campo na próxima quarta-feira, 27, no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa contra o Grêmio.


A partida começa às 19 horas e terá transmissão ao vivo da CBN Ponta Grossa, a partir das 18 horas.


FICHA TÉCNICA


NÁUTICO 2 X 0 OPERÁRIO-PR

Local: Aflitos, em Recife (PE)

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)

Assistentes: Márcio Gleidson Correia Dias (PA) e Hélcio Araújo Neves (PA)

Cartões amarelos: Fabiano, Fernando Neto (Operário), Ralph (Náutico)

Gols: Niltinho (33'/1°T) (1-0), Luis Phelipe (33'/2°T) (2-0)


NÁUTICO: Lucas Perri; Hereda, Camutanga, Bruno Bispo e Júnior Tavares; Ralph, Rhaldney (Richard Franco) e Jean Carlos (Victor Ferraz); Niltinho (Luis Phelipe), Leandro Carvalho (Robinho) e Léo Passos (Amarildo). Técnico: Roberto Fernandes


OPERÁRIO: Vanderlei; Arnaldo, Thales, Reniê e Fabiano (Raphinha); André Lima, Fernando Neto (Ricardinho) e Reina (Tomas Bastos); Thomaz (Júnior Brandão), Felipe Garcia (Felipe Saraiva) e Paulo Sérgio. Técnico: Claudinei Oliveira


Comments


bottom of page