top of page
  • Ricardo Silveira

Transforma Agro Paraná atrai mais de 5 mil pessoas no primeiro dia

Abertura do evento contou com mais de 500 espectadores e foi marcada por uma série de homenagens

O primeiro dia do 1º Transforma Agro Paraná, evento promovido pela Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em parceria com o Instituto Paraná Tecnologia e Metrologia, registrou a presença de mais de 5 mil pessoas no primeiro dia. A informação foi confirmada pelo Secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Bruno Costa.


De acordo com o secretário, somente na solenidade de abertura, realizada na manhã desta terça-feira (19), a Arena Transforma Agro (pavilhão do Centro de Eventos) teve a presença de cerca de 500 espectadores, além de lideranças municipais, estaduais, além de agricultores e empresários. “O público tem demonstrado um grande interesse pelo evento, e a nossa expectativa é que nos próximos dias o número de visitantes seja ainda maior, especialmente a partir de sexta-feira. A informação que temos é que as condições do tempo serão muito favoráveis, com sol e calor em Ponta Grossa”, afirmou.


Durante a abertura, figuras importantes do segmento do agronegócio dos Campos Gerais foram homenageadas. Entre eles, produtor rural e médico veterinário Pedro Gorte, falecido em agosto de 2018. Gorte, que também foi Major do Exército, teve atuação destacada na agropecuária da região, tendo sido diretor do Colégio Agrícola Augusto Ribas, diretor do Colégio Agrícola de Guarapuava e presidente da Coopagrícola. O agropecuarista Edilson Gorte, filho do homenageado, que é uma das lideranças do agronegócio da região, foi quem recebeu a homenagem.


Outro homenageado foi Manoel Henrique Pereira, falecido em setembro de 2015. Nonô Pereira, como era carinhosamente conhecido, criou o Plantio Direto (plantio na palha), técnica difundida e usada em todo o Brasil e no mundo. Ele teve seu trabalho destacado em detalhes no livro “25 anos plantando na palha”, de autoria de Gilberto de Oliveira Borges. Manoel Henrique Pereira Júnior, um dos filhos de Nonô, recebeu a homenagem.


O empresário Francisco Terasawa, fundador da FT Sementes, que foi pioneiro no trabalho de pesquisa pesquisador na área de agricultura, também recebeu foi homenageado. Com cerca de 60 anos atuando na área de pesquisa de soja, Francisco Terasawa é reconhecido nacionalmente pelo seu trabalho e dedicação ao desenvolvimento da oleaginosa no Brasil.


O produtor rural e empresário Frank Dijkstra, cooperado benemérito da Cooperativa Frísia, que também desenvolveu um trabalho importante sobre Plantio Direto, também foi homenageado. Holandês nato, mas que desde pequeno reside no Brasil tornou-se um ícone da agricultura brasileira a partir de meados dos anos 1970, junto com Herbert Bartz e Nonô Pereira, quando inovaram e revolucionaram ao fazer plantio de soja e milho na palha. Dijkstra é autor de dois livros sobre o tema – Por que utilizo o Plantio Direto e O Solo Ensinou (também traduzido para o Inglês).


Outra homenageada foi Gilda de Miranda Valle Nicolau pelos relevantes serviços prestados à Raça Quarto de Milha Nacional e nos Campos Gerais. Dona Gilda chegou a ser eleita Amazona Símbolo da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM). Por motivos de saúde, ela não esteve presente na abertura do evento e receberá a homenagem na sua residência.


O governador Carlos Massa Ratinho Junior também foi homenageado, pelo apoio dado ao agronegócio e à realização da Transforma Agro Paraná. O Secretário de Estado da Inovação, Transformação e Modernização Digital, Marcelo Rangel, recebeu a homenagem, na condição de representante do governador.


O produtor rural Edilson Gorte falou em nome dos homenageados e destacou a importância do trabalho realizado em Ponta Grossa e na região, para o avanço da agricultura no Paraná e no Brasil. “Nossa região tem uma contribuição imensa para a agropecuária do estado e do país. Os agricultores e pecuaristas dos Campos Gerais sempre trabalharam em busca da melhoria e da inovação do setor. O sistema de cooperativismo iniciou praticamente na nossa região. Aqui também foram desenvolvidas técnicas inovadoras para o agro e contribuíram muito com o campo. Ponta Grossa pode se orgulhar também de ser a única cidade que tem uma raça bovina própria, a Purunã, que foi desenvolvida aqui”, disse Gorte.


O 1º Transforma Agro Paraná estará sendo realizado até domingo (24) no Centro de Eventos e Centro Agropecuário de Ponta Grossa. O evento, que terá portões abertos diariamente das 9 às 21 horas, é promovido pela Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em parceria com o Instituto Paraná Tecnologia e Metrologia. A feira conta com mais de 200 expositores, além da apresentação de produtos e serviços. Durante os seis dias de evento serão realizadas mais de 80 palestras, congressos técnicos e workshops, além de um hackathon, estimulando a inovação e a transformação.


O Transforma Agro é um evento focado no agronegócio, mas também oferece ao público atrações para toda a comunidade, como parque de diversões, praça de alimentação, apresentações culturais, venda de artesanato e produtos da agricultura familiar e passeios de balão e helicóptero.


Todas as informações sobre o evento estão no site transformaagro.com.br.


Posts Relacionados

Ver tudo

Kommentare


bottom of page