top of page
  • Ricardo Silveira

UEPG realiza 68ª edição dos Jogos Estudantis da Primavera

Os jogos seguem durante toda a semana, até domingo (22)

(Fotos: Assessoria).

Braços fortes, pernas rápidas, mentes afiadas. Uma competição de talentos esportivos de todas as idades. Até 22 de outubro, a Universidade Estadual de Ponta Grossa realiza a 68ª edição de uma das competições esportivas mais tradicionais do Paraná: os Jogos Estudantis da Primavera (JEPs).


O evento institucional mais antigo a ser realizado na UEPG acontece de forma ininterrupta há 68 anos e é organizado pela Coordenadoria de Desportos e Recreação (CDR). Neste ano, conta com 20 modalidades individuais, coletivas e e-games: Atletismo; Basquetebol; Basquete 3×3; Beach Tennis; Ciclismo; E-Sports: Clash Royale, Fifa, Free Fire e League of Legends; Futebol; Futsal; Handebol; Judô; Natação; Skate; Taekwondo; Tênis de Mesa; Voleibol; Vôlei de Areia; e Xadrez.


“A expectativa é de bater recordes de participação das pessoas no Primavera”, comemora o coordenador do CDR, professor Rodolfo Dellagrana. Para esta edição, foram cerca de 6 mil atletas inscritos, de 121 instituições. Participante dos jogos como aluno, agora o professor se sente orgulhoso por ter a oportunidade de coordenar a realização do evento. “Estamos muito felizes de conseguir continuar essa tradição dentro da UEPG”.

“É a Universidade na qual a gente acredita: que está junto com a comunidade e se aproxima dela”, define o reitor da UEPG, professor Miguel Sanches Neto. Para ele, o evento é particularmente importante por integrar a Universidade às escolas de toda a região. “É o esporte fazendo a diferença na vida das pessoas e aproximando as pessoas por meio de atividades saudáveis”.

São atividades saudáveis não somente na questão física, como ressalta o diretor adjunto do Setor de Ciências Biológicas e da Saúde, professor Gonçalo Cassins Moreira do Carmo: “O esporte dá exemplo de união, solidariedade, amizade e de oposição, mas sobretudo com respeito”. Para ele, que participou como atleta, depois como professor da Educação Física, e agora recebe o evento na direção do Setor, é um prazer participar da organização dos Jogos.


Abertura com chave de ouro


Eletrizante. A abertura dos JEPs, na noite de sexta-feira, esteve repleta de empolgação, alegria e união. Lá fora, o tempo estava cinza; mas no interior do Ginásio de Esportes da UEPG, tudo era colorido. Os representantes das equipes aproveitaram o momento para conversar, brincar e trazer muita animação para o início dos Jogos.


As luzes se apagaram e uma luz entrou: a tocha foi carregada pelo estudante de Engenharia Civil Henrique Lima Mendes, que participa pela terceira vez dos JEPs. Com orgulho, ele acendeu a pira, uma velha tradição modernizada pelo telão digital e incendiou os corações de quem assistia. “Quando você está na universidade, fazer exercícios faz toda a diferença, tanto na saúde física quanto mental, sem falar das amizades que fazemos”, enaltece.

“Esse momento foi importante para ter a integração e celebrar os Jogos”, avaliou a estudante de Educação Física Fabiana Maciel. Ela proferiu o Juramento em nome dos atletas – escolha justa, visto que compete no JEPs desde o sexto ano do Ensino Fundamental, em xadrez e futsal.


O professor Jeferson da Silva, do Colégio Agrícola Augusto Ribas, estava acompanhando os alunos na abertura dos Jogos e enfatizou a importância da participação dos alunos em atividades esportivas, tanto para o desenvolvimento pessoal quanto para a integração com outras pessoas e instituições. “O esporte agrega para eles, com a competição, as regras, estar com outras pessoas”, complementa.


Saúde, união e família


Os competidores são divididos em quatro grupos: o Grupo 1, para alunos do Ensino Fundamental; Grupo 2, para alunos Ensino Médio de até 17 anos; Grupo 3, para alunos nascidos antes de 2006 da Educação Básica ou Ensino Superior; e Grupo Aberto, para atletas com 18 anos ou mais que não se enquadram nos critérios dos outros três grupos.


Aos 14 anos, a competidora de taekwondo Kauane de Camargo Vieira, do Colégio Estadual Padre Pedro Grzelczaki, já recomenda o esporte para todos os amigos. “Treino desde cedo, o esporte é minha paixão. Desde que comecei a treinar, melhorou minha saúde, tanto mental quanto corporal”, conta.


Dava pra ver de longe que fazer atletismo é voltar para casa, para Michael Rogério Santiago Rudek, aluno de Engenharia Civil na Faculdade Anhanguera. “Eu gosto bastante da emoção da competição”, declara. Participante assíduo dos Jogos quando estava no Ensino Médio, resolveu voltar a competir após um hiato de quatro anos e já venceu a prova de lançamento de dardo no Grupo 3, na manhã de sábado (14).

“É um modo de incentivar o esporte, ainda mais a Natação, que muitas vezes não é lembrada”, disse a aluna de Medicina na UEPG, Gabriela Brasil. A coleção de medalhas na Natação aumentou um pouquinho neste domingo (15), com duas medalhas de bronze e uma de ouro. Na arquibancada, os pais Edi e Sérgio Brasil comemoraram orgulhosos a conquista da filha. “É muita alegria. Estamos sempre aqui, torcendo”.

De torcer, a professora Lucimara Kowalechyn entende. Ao lado da piscina, na Arena Multiuso de Ponta Grossa, ela vibrava muito a cada prova realizada, para incentivar os alunos. A emoção tem motivo: saber que cada um dos adolescentes que participavam da competição um dia aprendeu o básico e evoluiu muito até conquistar as piscinas de forma competitiva. “A gente lembra deles bem pequenininhos, quando começaram a nadar, com medo da água…. Agarravam a gente no pescoço e seguravam, né?”, riu a treinadora, rememorando seus 30 anos de experiência. “É muito gratificante”.

“Vai papai, força, papai!”. Não tinha como não ganhar uma dose extra de força com um incentivo desses. O ciclista Leandro Borges Ferreira, acostumado com provas nos mais diversos lugares, desta vez ganhou a torcida da família, em especial da filha. “Segunda prova que ela vem, e hoje ela deu sorte, com a mamãe junto”, brinca. Ele garantiu o pódio no Ciclismo Speed, com o 4ª lugar geral e 1º na categoria Master B1, de 40 a 44 anos.


Os jogos seguem durante toda a semana, até domingo (22). A programação, regulamentos e boletins oficiais estão disponíveis no site dos Jogos.


Comments


bottom of page