top of page
  • CBN Ponta Grossa

Vídeo: Cabo Ricieri Chagas é enterrado em Guarapuava

Policial militar morreu no sábado depois de seis dias internado por levar um tiro na cabeça durante a tentativa de assalto ao município no domingo de Páscoa.

Foto: 16º Batalhão da Polícia Militar

Sob comoção de familiares e amigos, o corpo do cabo Ricieri Chagas foi enterrado na manhã desta segunda-feira (25) em Guarapuava, região central do Paraná. O policial militar morreu no sábado depois de seis dias internado por levar um tiro na cabeça durante a tentativa de assalto ao município no domingo de Páscoa.


O velório foi realizado no domingo (24) no 16º Batalhão da Polícia Militar. O caixão foi levado em cortejo para o cemitério em Guarapuava pelo Corpo de Bombeiros. O comboio teve participação de carros oficiais das forças policiais de todo o estado.


No cemitério, familiares e amigos da Polícia prestaram homenagem ao militar. Os companheiros de batalhão homenagearam o cabo com uma salva de tiros.


Ainda no sábado, o governador do Paraná Ratinho Junior decretou luto oficial de três dias no estado pela morte do cabo, de 48 anos, que deixou a esposa e um casal de filhos. Cabo Ricieri Chagas atuou como policial militar por 27 anos.


A Polícia Militar do Paraná emitiu nota lamentando a morte do cabo. Segundo a nota, ele “teve uma carreira exemplar e extremamente operacional”. A PM ressaltou que o cabo era conhecido por todo o país por ter representado a corporação na Força Nacional.


Em nota, o governador Ratinho Junior também lamentou a morte do cabo Ricieri Chagas. Ele afirmou que o policial “foi atingido enquanto defendia a população paranaense, à serviço da polícia, e jamais será esquecido por esse ato de bravura”.


Assista ao vídeo:




Comments


bottom of page