• Redação

Vítimas de violência doméstica podem registrar BO pela internet no Paraná

Serviço começou a funcionar no Paraná nessa quarta-feira (03).

As vítimas de estelionato e violência doméstica e familiar contra a mulher agora podem registrar Boletim de Ocorrência pela internet. O serviço começou a funcionar no Paraná nessa quarta-feira (03).


O registro do Boletim de Ocorrência on-line pode ser feito em casos de lesão corporal, ameaça, injúria, calúnia, difamação e contravenção de vias de fato cometidos contra mulher.


De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil do Paraná, Silvio Rockembach, a ampliação dos serviços para registro de BO online foi antecipada devido à pandemia do novo coronavírus. “Nesse momento em que a orientação é o distanciamento social, resolvemos agilizar a implementação de BO online para violência doméstica e estelionato com o objetivo de evitar aglomerações de pessoas em delegacias”, afirmou.


Além desses casos, a Polícia Civil do Paraná também possibilita o registro de BO para Furto, Extravio ou Perda de documentos e objetos, Extravio de Placa de Veículo e Desaparecimento de Pessoas. O serviço está disponível no site da Polícia Civil do Paraná.


Os crimes mais graves praticados contra a mulher, como os de natureza sexual e tentativa de feminicídio continuam a ser registrados exclusivamente de forma presencial. Mulheres que queiram requerer Medidas Protetivas devem solicitar presencialmente em uma Delegacia da PCPR, devido à gravidade e urgência desses casos. Para casos de emergência, as vítimas continuam a ter a orientação de ligar para o 190 da Polícia Militar ou acionar a Guarda Municipal.


Orientações


As pessoas que registram BO por meio da internet devem estar atentas aos e-mails que serão enviados pela PCPR.


Ao iniciar o registro é necessário incluir um e-mail válido para receber um código verificador formado por números e letras. Com esse código o cidadão poderá continuar o procedimento.


Após o registro ser feito, a vítima receberá um segundo e-mail informando que a solicitação foi concluída. O BO registrado será avaliado por investigadores e delegados, que irão validá-los ou não.


Um terceiro e-mail será enviado ao noticiante informando se o BO foi validado. Se acaso houver informações que precisam ser confirmadas, o e-mail informará o link para que sejam corrigidas.


Com a validação concluída, a vítima poderá imprimir o Boletim de Ocorrência.


Foto: Divulgação


Ouça o boletim:



Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

Ponta Grossa - PR

Ligue

Fone: 42 - 3028 1300

Whats: 42 9 9994 1011