top of page
  • CBN Ponta Grossa

50º Fenata: veja a lista de vencedores

Festival foi encerrado na noite desse domingo no Cine-Teatro Ópera.

Foto: Divulgação/Fenata

Mais de 20 mil pessoas participaram do Festival Nacional de Teatro de Ponta Grossa em seis dias de evento. Os números preliminares foram divulgados pela organização. O festival foi encerrado na noite desse domingo no Cine-Teatro Ópera, com revelação dos premiados das categorias, homenagem aos realizadores e o último espetáculo convidado.


A peça ‘Leões, Vodka e um Sapato 23’ da Companhia de 2, apresentada na sexta-feira ganhou o prêmio de Melhor Espetáculo Adulto Pelo Júri Popular. Pelo Júri técnico, a grande vencedora foi 'Vereda da Salvação', da Cia Beradeiro, que foi apresentada na quarta-feira.


Já de Melhor Espetáculo Infantil, o vencedor foi o espetáculo 'PaPeLê – uma aventura de papel', da Téspis Cia de Teatro. (Veja a lista completa dos vencedores abaixo).


Ao todo foram 85 apresentações, com 26 grupos teatrais de todo o Brasil e 58 escolas e instituições inscritas para receber o Festival. A 50ª edição também marca o retorno do Grupo de Teatro Universitário (GTU), o qual deu forma ao Festival nos primeiros anos de sua formação.


À CBN, o coordenador Nelson Silva Junior adiantou que a meta para o ano que vem será de 200 apresentações para comemorar o bicentenário de Ponta Grossa. O professor de inglês Henrique Ditzel assistiu às peças durante toda a semana e destacou a qualidade dos textos.


Durante todo o evento voluntários ajudaram a receber os artistas e o público. Foi o caso da estudante de jornalismo Emelli Schneider. Ela disse que pretende se inscrever novamente no ano que vem.



Polêmica


No sábado (12), uma peça apresentada no Lago de Olarias causou polêmica na cidade. Vídeos publicados nas redes sociais mostravam os artistas supostamente nus durante a apresentação realizada no período da tarde.


A peça "Hi, Breasil" chamou a atenção e recebeu críticas. Em nota publicada nas redes sociais, a UEPG afirmou que “ninguém ficou nu” e que “eram roupas na cor da pele dos artistas”.


O encerramento


O encerramento do 50º Fenata foi com a peça convidada ‘O Grande Circo Místico’. O espetáculo é inspirado no poema de mesmo nome de Jorge de Lima, do livro A Túnica Inconsútil (1938).


A peça foi composta por Chico Buarque e Edu Lobo especialmente para o Balé Teatro Guaíra, em 1982. A estreia ocorreu no Guairão, em março de 1983, e foi enorme sucesso no Brasil inteiro. A produção e realização do espetáculo ainda tem a parceria do Projeto Broadway – a primeira escola de teatro musical no Paraná.


A companhia dedicou a apresentação à Cantora Gal Costa, que morreu na semana passada.


Veja os vencedores:


Melhor Ator: Fábio Freitas, por Cão Chupando Manga;

Melhor Ator Coadjuvante: Lucas dos Santos, pelo conjunto de personagens em O Pequeno Príncipe;

Melhor Atriz: Catharine Moreira, pelo Pequeno Príncipe em O Pequeno Príncipe; Melhor Atriz Coadjuvante: Beta Cunha, por Durvalina em Vereda da Salvação;

Melhor Cenografia: Cia Talagadá, por Monstro e Cia;

Melhor Maquiagem: Matheus Gonçalves, por Caravela da Ilusão;

Melhor Figurino: Chris Galvan, por Leões, Vodka e um Sapato 23;

Melhor Iluminação: Guinga Ensa, por Cão Chupando Manga;

Melhor Sonoplastia: Hedra Rockenback, por PaPeLê – uma aventura de papel;

Melhor Texto Original: Fábio Freitas, por Cão Chupando Manga;

Melhor Direção: Fabiano Amigucci e Fagner Rodrigues, por Vereda da Salvação;

Melhor Espetáculo Infantil: PaPeLê – uma aventura de papel – da Téspis Cia de Teatro; Melhor Espetáculo Adulto Pelo Júri Popular: Leões, Vodka e um Sapato 23 – Cia de 2; Melhor Espetáculo Adulto: Vereda da Salvação – Cia Beradeiro.


Ouça a reportagem especial:


Comments


bottom of page