top of page
  • CBN Ponta Grossa

Carta foi endereçada a 'prefeito' de 2023: “Jamais imaginavam que as mulheres seriam tão ousadas"

Prefeita Elizabeth Schmidt leu carta deixada na cápsula do tempo pelo prefeito de Ponta Grossa em 1973. À CBN, ela destacou o protagonismo das mulheres na cidade em 2023.

Foto: Redes Sociais

A carta escrita pelo prefeito de Ponta Grossa em 1973, Luiz Gonzaga Pinto, e deixada na cápsula do tempo há 50 anos foi lida nesta sexta-feira (08) pela atual prefeita Elizabeth Schmidt. O documento, no entanto, era destinado ao "prefeito" que abriria a cápsula em 2023.


Elizabeth foi a primeira prefeita eleita em Ponta Grossa em 200 anos. Ela venceu a eleição em 2020 depois de um segundo turno histórico em que duas mulheres disputaram a prefeitura.


Em entrevista à CBN Ponta Grossa, a prefeita destacou o protagonismo feminino na cidade no ano em que se comemora o bicentenário. "Jamais imaginavam naquela época que as mulheres seriam tão ousadas. É por isso mesmo que em 200 anos eu sou a primeira mulher prefeita", disse.


A cápsula do tempo foi aberta na manhã desta sexta-feira (08) depois de 50 anos guardada em um monumento na Praça Marechal Floriano Peixoto. Entre os objetos colocados em 1973, estavam jornais da cidade e estado, fotos, documentos. Além disso, entre o material, correspondências de autoridades da época endereçadas para quem ocupa o cargo atualmente.


A carta do presidente da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa deixada em 1973 também tinha como destinatário "o presidente" da entidade em 2023. A atual presidente da ACIPG, Giorgia Bin Bochenek, destacou o papel das mulheres. "Eles nunca esperavam que pudesse ter uma mulher à frente. Historicamente as conquistas das mulheres estão vindo nos últimos anos".


Ouça:


コメント


bottom of page