top of page
  • CBN Ponta Grossa

Com quase 60 mil sugestões e orçamento de R$ 1,5 bilhão, prefeitura apresenta prioridades para 2024

Saúde, segurança, pavimentação e educação devem ser prioridades dos recursos públicos no ano que vem.

Foto: Prefeitura de Ponta Grossa

A proposta para a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) prevê um orçamento de quase R$ 1,5 bilhão para 2024. Os dados foram apresentados na sexta-feira (28), em audiência pública na Câmara Municipal. A marca de R$ 1.430.509.833,03 deve ser distribuído em áreas da administração pública, com prioridade para saúde, segurança, pavimentação e educação.


De acordo com a Secretaria Municipal da Fazenda, a estimativa é composta por receitas como impostos, taxas, contribuições e transferências. O valor ainda não leva em conta possíveis operações de crédito para investimentos.


A proposta deve atender às indicações feitas pela população por meio de uma consulta popular. Cerca de 15 mil pessoas participaram, com quase 60 mil sugestões contabilizadas.


O levantamento foi feito entre junho e julho através de um questionário disponibilizado on-line e distribuído por Centros de Educação Infantil (CMEI), escolas municipais, Unidades Básicas de Saúde, prefeitura e Câmara Municipal.


De acordo com a pesquisa, 12 mil sugestões foram para a área da saúde, 9 mil para a segurança, 7 mil para pavimentação e 5 mil para a educação.


Conforme a consulta, esporte e lazer aparece em seguida com 4.500 sugestões, transporte coletivo com 3 mil e iluminação pública com 2.900. Ação Social e Feira Verde com Mercado da Família receberam 2.400 sugestões de prioridade.


O trânsito e Mobilidade Urbana aparece na 10ª posição, com 1866 sugestões, seguido de saneamento básico, coleta de lixo, meio ambiente, cultura, trabalho e renda, turismo, capacitação e inovação.


De acordo com a Secretaria Municipal da Fazenda, não houve mudança em relação às prioridades apontadas pela população. A Lei de Diretrizes Orçamentárias é o instrumento responsável por dar as diretrizes da proposta orçamentária para o próximo exercício e orientar a execução do orçamento anual.


No ano que vem, a saúde deve receber orçamento de mais de R$ 265 milhões, segurança pública cerca de R$ 55 milhões e pavimentação um montante de quase R$ 20 milhões. Já a educação deve receber R$ 405 milhões, o maior valor do orçamento, e esporte e lazer R$ 12 milhões.

bottom of page