top of page
  • CBN Ponta Grossa

Consórcio vencedor do leilão da PPP de iluminação pública não atende requisitos e é desclassificado

Desclassificação foi publicada na última sexta-feira em diário oficial.

O consórcio que ficou em segundo lugar no leilão de concessão do sistema de iluminação pública de Ponta Grossa deve ser declarado vencedor nesta sexta-feira. O primeiro colocado que apresentou a menor proposta na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) em maio foi desclassificado por não apresentar documentos suficientes.


A desclassificação foi publicada na última sexta-feira em diário oficial. Conforme o documento o Consórcio Ponta Grossa Luz não apresentou a habilitação técnica.


Ao todo, quatro consórcios disputaram o processo que vai conceder o sistema por meio da primeira parceria público-privada da história do município.


A concessão será válida por 13 anos com a troca de mais de 47 mil pontos de iluminação convencional por lâmpadas de LED. O investimento previsto é de cerca de R$ 114 milhões.


A parceria público-privada deve ampliar a oferta do serviço, com um investimento no curto prazo, modernizando toda a iluminação pública e atendendo a demanda reprimida.


Além de uma manutenção a longo prazo, que representará uma economia aos cofres públicos. A oferta vencedora foi de R$ 485.138,46 com 54% de deságio, que é o desconto oferecido para a concessão.


O Consórcio Luz de Ponta Grossa que ficou em segundo apresentou proposta de R$ 514.114,60, com desconto de 52%.


Uma nova sessão na Bolsa de Valores vai declarar a segunda colocada vencedora nesta sexta-feira as 14h. Depois disso o processo continua com a análise da documentação.

bottom of page