• Redação

Coordenador do Gaeco comenta os próximos passos da Operação Saturno

Grupo investiga a contratação do Estar Digital em Ponta Grossa a quase seis meses

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) investiga há pelo menos seis meses a contratação do Estar Digital em Ponta Grossa.

A investigação identificou possíveis ilegalidades no contrato entre a empresa responsável pela digitalização do Estacionamento e a Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (AMTT).


O coordenador do Gaeco em Ponta Grossa, promotor Antonio Juliano Albanez, fala sobre a Operação Saturno.


Ouça abaixo


Durante a Operação foram presos o presidente da AMTT, Roberto Pelissari, os vereadores Ricardo Zampieri (Republicanos) e Valtão (PRTB) e quatro empresários.

O promotor explica os próximos passos da investigação.


Ouça abaixo


Em nota, a Prefeitura e a Câmara de vereadores afirmam que colaboram com as investigações. O vereador Ricardo Zampieri negou irregularidade, desvio de conduta ou fraude e afirmou que o relatório da CPI foi encaminhado para o Ministério Público. A defesa do vereador Valtão foi procurada, mas não retornou a CBN.


Ouça abaixo