top of page
  • CBN Ponta Grossa

Em sessões extraordinárias, vereadores de Ponta Grossa reajustam próprio salário em 3,83%

Projeto de reajuste dos salários foi aprovado a toque de caixa com 14 votos favoráveis e cinco contrários.

Foto: Câmara Municipal de Ponta Grossa

Os vereadores aprovaram, na sessão dessa quarta-feira (24), o reajuste de 3,83% do próprio salário e o aumento do vale-alimentação para R$ 700. Os projetos foram aprovados em duas discussões durante sessões extraordinárias.


O projeto de reajuste dos salários foi aprovado a toque de caixa. O texto foi lido durante a sessão ordinária dessa quarta-feira (24), teve pareceres favoráveis em três comissões e foi liberado para votação no mesmo dia, na sessão extraordinária.


O documento foi assinado pela Mesa Executiva na quarta-feira (17) da semana passada e prevê o reajuste de 3,83% no subsídio dos vereadores a partir de maio deste ano.


Cada parlamentar passa a receber R$ 10.448,82 por mês. Conforme o projeto, o presidente da Câmara recebe mais R$ 5.224,41 devido a carga horária extra que desempenha.


Segundo a justificativa do texto, o reajuste acompanha o índice de inflação dos últimos 12 meses. O documento ressalta que não se trata de um aumento de salário, mas a recomposição inflacionária. O reajuste vai impactar em cerca de R$ 109 mil no orçamento do Legislativo.


A proposta foi aprovada com 14 votos favoráveis e cinco contrários. Os vereadores que foram contra o projeto são Daniel Milla (PSD), Dr Erick (PSDB), Geraldo Stocco (PV), Joce Canto (PSC) e professor Careca (PSB).


O projeto de vale-alimentação para os servidores da Câmara e vereadores também foi apresentado, apreciado e aprovado nessa quarta-feira. O texto prevê o pagamento de R$ 700 para subsidiar as despesas com alimentação a partir de outubro deste ano. Atualmente, o auxílio é de R$ 300 para 137 servidores, incluindo os parlamentares.


Esse projeto foi aprovado com 16 votos favoráveis e três contrários. Os vereadores Daniel Milla (PSD), Geraldo Stocco (PV) e Professor Careca (PSB) foram contra. Durante a sessão extraordinária, também foi aprovado o reajuste do vale-alimentação dos servidores da prefeitura municipal de R$ 300 para R$ 330.

Comments


bottom of page