top of page
  • CBN Ponta Grossa

Feriado: 10 acidentes foram registrados nas rodovias federais dos Campos Gerais

Segundo a Polícia, 264 veículos foram flagrados em excesso de velocidade, um deles a 157km/h em local onde a velocidade máxima é de 110km/h.

Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal atendeu 10 acidentes com três mortes e 14 feridos durante a Operação Semana Santa de 2023 nos Campos Gerais. Os principais tipos de acidente foram colisão frontal, saída de pista, colisão com objeto e colisão transversal que responderam por 80% das ocorrências.


De acordo com a PRF, a reação tardia ou ineficiente do condutor foi a principal causa, aparecendo em metade das ocorrências. O acidente mais grave ocorreu no primeiro dia de operação, na quinta-feira (06), por volta das 20h50, no km 505 da BR 376, em Ponta Grossa, momento em que ocorreu um engavetamento resultando em duas pessoas mortas (uma mulher de 37 anos e uma criança de 7 anos) e 6 pessoas feridas.


O motorista do caminhão causador do acidente foi encaminhado à Polícia Civil porque o veículo estava com os freios isolados o que contribuiu, de maneira definitiva, para a gravidade do acidente. Em 2022, foram registrados 7 acidentes com 6 feridos no feriado de Páscoa.


Na questão operacional, foram fiscalizados 721 veículos, 783 pessoas e realizados 340 testes do bafômetro. Dessa fiscalização, três condutores foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool, um deles foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil por crime de trânsito.


Segundo a Polícia, 264 veículos foram flagrados em excesso de velocidade, um deles a 157km/h em local onde a velocidade máxima é de 110km/h; 16 ocupantes de veículos não utilizavam o cinto de segurança e 5 crianças estavam sendo transportadas sem o dispositivo de retenção de crianças, a cadeirinha; 56 motoristas foram flagrados realizando ultrapassagens indevidas e 1 condutor foi notificado por utilizar o aparelho celular enquanto dirigia; 6 veículos transportavam carga acima do limite regulamentar totalizando 68.229kg de excesso.


Além disso, 24 veículos foram recolhidos aos pátios da PRF por problemas de documentação ou por não apresentarem condições de segurança para transitar nas rodovias e 60 veículos tiveram seus documentos recolhidos para regularização e posterior apresentação nas unidades da PRF.


No Paraná, foram 1700 flagrantes de excesso de velocidade, 259 condutores ou passageiros estavam sem o cinto de segurança, 132 motoristas dirigiam alcoolizados e 72 crianças não utilizavam adequadamente o dispositivo de retenção, como a cadeirinha.


Ainda, foram registradas 339 ultrapassagens proibidas durante o feriado. Esse tipo de ultrapassagem é responsável pela maioria dos acidentes do tipo colisão frontal, onde o motorista não consegue efetuar em tempo a manobra de ultrapassagem ou força a ultrapassagem, colidindo frontalmente com o veículo que está trafegando no sentido contrário.


Nos cerca de quatro mil quilômetros de rodovias federais no Paraná ocorreram 96 acidentes que deixaram 93 pessoas feridas e dez mortas. Em 2022, foram registrados 82 acidentes, com 90 feridos e dez mortos. Os dados são preliminares e podem sofrer alterações.

Comments


bottom of page