• Redação

Parque Vila Velha recebe selo Aterro Zero por projeto de coleta de lixo

Projeto piloto começou no final do ano passado.

O Parque Vila Velha se tornou, ontem (19), o primeiro parque de uma unidade de conservação do Brasil a receber o selo Aterro Zero.


O projeto, realizado pela concessionária Soul Vila Velha, prevê que nenhum resíduo gerado no Parque seja encaminhado para aterros sanitários e todo lixo é reutilizado no próprio parque.


Em evento na manhã dessa quarta-feira, a empresa KWM – Kapersul Waste Management concedeu o certificado de garantia de que a unidade faz a coleta e destinação de todos os resíduos gerados por sua operação.


O projeto piloto começou em dezembro do ano passado. Conforme a KWM, durante esse tempo o parque produziu cerca de duas toneladas de resíduos sólidos por mês.


Do total de resíduos, cerca de 60% são recicláveis (papel, metal, plástico e vidro) e 40% são orgânicos e rejeitos (material que não pode ser reaproveitado).


Segundo a concessionária, com o projeto Aterro Zero, o Parque Vila Velha vai eliminar seu passivo ambiental, reduzir em até 45% as emissões de CO2 e minimizar impactos ambientais.


Ouça: